Chuva causa alagamento e desabriga quatro famílias em Juquehy



Postado em: 16/02/2014


Fotos: Ricardo Faustino/PMSS

Em algumas casas, a água chegou a pouco mais de um metro de altura

São Sebastião-16/02/2014 - A forte chuva que caiu em São Sebastião, desde a noite da última sexta-feira (14/2) provocou alagamentos e desabrigou, temporariamente, quatro famílias que moram na Vila Progresso, em Juquehy, na Costa Sul do município.

 De acordo com o chefe da Defesa Civil, Carlos Eduardo dos Santos, o Carlão, 13 pessoas foram removidas para casas de parentes. Em alguns imóveis, a água chegou a pouco mais de um metro de altura. As vítimas perderam produtos alimentícios, geladeira, fogão, colchão, entre outros pertences.

 Uma das atingidas é a faxineira Joselita dos Anjos. “É a segunda vez que isso acontece e perdi tudo novamente, inclusive toda alimentação”, lamenta. Outro morador prejudicado é o chefe de manutenção Rodrigo Santos Cruz, que ficou sem o guarda-roupas. “A enxurrada foi tão forte que derrubou o muro ao lado da minha casa. A água chegou a altura do joelho”, revela.

 Segundo Carlão, o acumulado nas últimas 36 horas é de 290 milímetros. “Entre às 22h44 de sexta-feira até às 2h45 da madrugada de sábado choveu 156 milímetros somente em Juquehy”, conta.

O problema no local, de acordo com ele, é que as residências estão em área irregular e foram edificadas em cima de um curso d’água, o que causou a enchente. “A vazão da água é pouca e o volume de chuva foi muito alto”, destaca.

 No total, 44 casas foram invadidas pela água. A Defesa Civil realiza o monitoramento da área a cada cinco horas e orienta os moradores em caso de desocupação, já que a região está em estado de alerta.

 Em todo o município, foram registrados nove pontos de alagamentos, sendo seis na Costa Sul, dois na região norte e um na área central da cidade.

 Serviço – Em caso de emergência a Defesa Civil deve ser acionada pelo telefone 199. 

Chuvas deixam quatro famílias desabrigadas na Vila Progresso, em Juquehy
 



Últimas Notícias