EDP

1ª etapa do Hang Loose Surf Attack será no fim de semana na praia da Baleia



Postado em: 03/06/2024


Em ano de Olimpíadas – segunda edição com o surf como modalidade olímpica – impulsionar novos talentos e uma nova geração da “brazilian storm” se torna ainda mais importante. De sexta (7/6) até domingo (9/6)  as disputas da primeira etapa do Hang Loose Surf Attack, mais tradicional circuito de base do Brasil, serão na praia da Baleia, na Costa Sul de São Sebastião. 

O evento tem apoio da EDP, concessionária de energia na cidade. Originalmente agendada para ocorrer entre os dias 17 e 19 de maio, a primeira etapa foi adiada em virtude das más condições climáticas. Visando garantir a segurança dos participantes, especialmente dos jovens atletas, e oferecer o melhor ambiente para a competição, o evento foi remarcado para este fim de semana.

O circuito, que já revelou atletas como Gabriel Medina, Adriano de Souza e Filipe Toledo, chega a sua 36ª edição e deve reunir mais de 200 surfistas nas categorias masculino e feminino, e Sub 12, Sub 14 e Sub 16. "Como uma empresa global, focada no futuro, na sustentabilidade e na transição energética, buscamos apoiar e desenvolver projetos que representem a energia da natureza e das fontes renováveis. Com o patrocínio a esse circuito, esperamos contribuir para o desenvolvimento e crescimento dessa nova geração de atletas brasileiros do surf, além de beneficiar a população local, com diversas ações de educação ambiental durante o campeonato”, destaca Nuno Rebelo de Sousa, diretor de Marketing, Comunicação e Public Affairs da EDP América do Sul.

O Circuito Hang Loose Surf Attack define o ranking estadual de categorias de base de São Paulo, sempre por meio de competições e oportunidades para jovens surfistas se destacarem. O evento é um importante marco no calendário do surf paulista para atletas de até 15 anos e 11 meses. Com o apoio da EDP, o circuito vai distribuir mais de R$ 15 mil em prêmios, além de pranchas e kits com outros acessórios. Talentos como Maeva Guastalla e Vini Palma, surfistas de Ubatuba e Praia Grande, respectivamente, são algumas presenças garantidas no circuito.

No decorrer de 2024, a EDP deve patrocinar também as próximas fases do Hang Loose Surf Attack, que acontecerão em Ilha Comprida, no Litoral Sul, e em São Sebastião, no Litoral Norte de São Paulo.

Conscientização e aulas gratuitas de surf

Além de muito surf, a primeira etapa do Hang Loose Surf Attack 2024 contará também com ações socioambientais, que serão organizadas pela EDP em parceria com o projeto Desengarrafando Mentes, que fabrica trashboards, pranchas de surf feitas a partir de materiais reciclados.

No sábado à tarde, as crianças de comunidades do entorno das praias da Baleia e Camburi vão participar de uma atividade de educação ambiental e limpeza de praia. O público que estiver na Praia da Baleia assistindo ao Hang Loose Surf Attack também poderá participar e colaborar com a coleta de resíduos. Depois, com o suporte de professores do projeto Desengarrafando Mentes, as crianças vão participar de uma vivência, em que poderão aprender a surfar com as pranchas produzidas pelo projeto.

Já no domingo, o público geral do evento terá a chance de vivenciar essa experiência. A equipe do Desengarrafando Mentes vai distribuir cestos para que os interessados coletem resíduos plásticos na praia, como canudos, garrafas, pratinhos e talheres, entre outros. Depois, basta trocar os resíduos coletados pela experiência de aprender a surfar com as pranchas produzidas pelo projeto.

Após o término do evento, será possível saber o total de resíduos coletados durante as atividades. Para mais informações sobre o Circuito Hang Loose Surf Attack e para acompanhar os resultados das competições, visite o site oficial: www.spsurf.com.br.



Últimas Notícias