Divulgação/PMC

Caraguatatuba inicia vacinação contra gripe para idosos acima de 60 anos e profissionais da saúde



Postado em: 04/04/2022


A Prefeitura de Caraguatatuba, por meio da Secretaria de Saúde, iniciou nesta segunda-feira (4), a Campanha de Vacinação contra Gripe (H1N1) para idosos com mais de 60 anos e profissionais da saúde de qualquer área de atuação.

A nova fase segue o cronograma da Secretaria Estadual da Saúde e estima-se a imunização de 18.771 pessoas com mais de 60 anos e 4.406 profissionais da área da saúde com base no Programa Nacional de Vacinação.

A vacinação contra gripe previne o surgimento de complicações decorrentes da doença e óbitos, além de reduzir os sintomas nos grupos prioritários, que podem ser confundidos com os da Covid-19, reduzindo a sobrecarga dos serviços de saúde. 

A imunização ocorre em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs), de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h30. É obrigatório levar documento com foto e a Carteira de Vacinação. 

O secretário de Saúde, Gustavo Boher destaca que a ocasião é uma oportunidade para colocar o esquema vacinal em dia, seja da Covid-19 ou de outras doenças. 

Os trabalhadores da saúde incluem aqueles que atuam em espaços e estabelecimentos de assistência e vigilância à saúde, sejam eles hospitais, clínicas, ambulatórios, laboratórios e outros locais, compreendendo médicos, enfermeiros, nutricionistas, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, biólogos, biomédicos, farmacêuticos, odontologistas, fonoaudiólogos, psicólogos, assistentes sociais, profissionais de educação física, médicos veterinários e seus respectivos técnicos e auxiliares. Estes necessitam apresentar o Conselho de Classe no momento da imunização.

Aos trabalhadores da saúde de apoio, compreendem recepcionistas, seguranças, limpeza, cozinheiros e auxiliares, motoristas de ambulâncias e outros, ou seja, aqueles que trabalham nos serviços de saúde, mas que não estão prestando serviços diretos. Eles devem levar um comprovante, como Carteira de Trabalho, declaração, contrato, desde que comprove o vínculo de assistência à saúde. Inclui também profissionais que atuam em cuidados domiciliares como os cuidadores de idosos e doulas/parteiras.



Últimas Notícias