Divulgação/PMC

Caraguatatuba terá vacinação 24 horas inclusive aos finais de semana contra Covid-19



Postado em: 19/02/2022


Com o objetivo de atender toda a população e aumentar a cobertura vacinal, Caraguatatuba terá vacinação 24 horas contra a Covid-19, inclusive aos finais de semana, a partir da próxima segunda-feira (21).

Os postos de vacinação serão nas três Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) – norte, sul e centro. Todas as doses (primeira, segunda e dose acional) estarão disponíveis nas UPAs e não será necessário estar agendado para receber o imunizante.

Na cidade, 90% da população receberam a primeira dose, 88% completaram o esquema vacinal e 36% estão com a dose de reforço. Mais de 100% dos adultos e dos adolescentes receberam a primeira dose.

A cobertura vacinal das crianças chega a 57%, mas a Secretaria de Saúde não classifica essa situação como baixa procura, já que a taxa está dentro da média do Estado de São Paulo que hoje é de 60%.

Outra novidade é a ampliação do horário de vacinação nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs). Agora, ela será realizada das 8h às 16h30 (de segunda a sexta-feira) para crianças, adolescentes, adultos e idosos.

Também a partir de segunda-feira (21), a vacinação que antes estava sendo realizada na Paróquia Nossa Senhora da Visitação retorna à UBS Massaguaçu.

O horário de vacinação no Centro de Especialidades Médicas (CEM) continua o mesmo. No local, as atividades se iniciam às 8h e são encerradas às 15h. O CEM recebe o público com 5 anos de idade, com e sem comorbidades, além de crianças de 5 a 11 anos com imunossupressão.

A medida da Secretaria de Saúde visa atender, principalmente, a população que trabalha durante a semana ou no período da manhã, mas não consegue se vacinar nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs).

Quem está sendo vacinado?

Primeira dose: Adultos com mais de 18 anos, adolescentes de 12 a 17 anos e crianças de 5 a 11 anos. 

Segunda dose: Todas as pessoas que necessitam completar o esquema vacinal;

Dose de reforço: Todas as pessoas acima de 18 anos devem receber a dose adicional. A pessoa precisa ter completado o esquema vacinal com a segunda dose há pelo menos quatro meses, independente do imunizante aplicado.

Para pessoas com imunossupressão, o intervalo continua o mesmo. Todas elas devem receber a dose adicional com pelo menos 28 dias após a última dose do esquema vacinal.

A dose de reforço para pessoas que receberam a vacina Janssen deve ser aplicada após dois meses, ou 61 dias, com agendamento na UBS de referência.

Quarta dose: Apenas para pessoas com alto grau de imunossupressão com mais de 18 anos. A dose será administrada com pelo menos quatro meses após a realização da primeira dose adicional, independente do imunizante aplicado.



Últimas Notícias