Em serviço voluntário, médico aposentado acompanha equipe do PSF nas visitas a pacientes acamados



Postado em: 16/02/2022


Amor à profissão e ao próximo. É o que move o médico aposentado Leonardo Lorenzon, de 71 anos, que iniciou na última segunda-feira (14/2) um trabalho voluntário junto à Equipe de Saúde da Família (USF) de Cambury, na Costa Sul. Com veículo próprio e sem contrapartidas de qualquer espécie, ele acompanha os agentes comunitários de saúde (ACSs) nas visitas domiciliares feitas aos pacientes acamados e produz relatórios de apoio ao Programa Saúde da Família (PSF).  

Dr. Leonardo é morador de São Sebastião desde 2008 e trabalhou durante seis anos no PSF dos bairros Barra do Una e Boraceia. Está aposentado há seis anos. Para se candidatar à atividade voluntária, escreveu o projeto intitulado “Sollievo” (Alívio), em que objetiva “ser alívio para os desvalidos, para a equipe do PSF e para a sua missão de médico.”

A motivação para a atuação voluntária, segundo o Dr. Leonardo, veio durante os anos em que trabalhou para o município. Ele conta que sentia uma angústia muito grande porque, devido ao grande volume de atendimentos na USF, sobrava pouco tempo para as visitas domiciliares. “Temos cerca de 50 acamados e os médicos conseguem visitar por volta de 1/3 dessas pessoas. Por isso, ofertei meu trabalho”, conta Dr. Leonardo. “Hoje (15) foi meu segundo dia e já estou muito bem integrado à equipe, formada por excelentes pessoas e profissionais.”



Últimas Notícias