Cláudio Gomes/PMC

Espaço Aventura retoma atendimento ao púbico em Caraguatatuba



Postado em: 20/01/2022


Após quase dois anos fechado, devido às restrições por conta da pandemia da Covid-19, o Espaço Aventura retoma o atendimento ao público, mas os protocolos sanitários de prevenção à doença, como o uso de máscaras e utilização de álcool em gel estão mantidos no local.

A princípio, apenas a parte de baixo pode ser utilizada pelos visitantes. Isso porque uma manutenção está sendo realizada na parte superior, onde ficam as pontes.

De acordo com a Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência e do Idoso (Sepedi), a previsão é de que a manutenção seja concluída ainda no final deste mês. A pasta ainda fará a manutenção predial do espaço, como por exemplo, pintura e podas de árvores.

A atração ganha mais visibilidade, principalmente agora, com o período de férias escolares. Recentemente, o funcionário público Marcos Roberto Aguilar, de 52 anos, levou a filha, Beatriz Mestieri Aguilar, de 14 anos, para praticar as atividades ofertadas pelo espaço e disse que ficou “maravilhado com o desenvolvimento, logo depois de repetir por diversas vezes uma parte do circuito”.

Beatriz possui o transtorno do espectro autista (TEA), popularmente conhecido como autismo, e deficiência intelectual. Ele contou que isso exige muito atenção e cuidado no trato dela em alguns ambientes e que, para sua alegria, foi bem recebido pela equipe.

“Queria destacar o compromisso desta cidade com as pessoas com deficiências em todos os sentidos. E sabemos as dificuldades que todos têm, mas esse olhar aos PCDs, não podemos deixar de falar”, disse Roberto.

O Espaço Aventura tem práticas de escalada, arvorismo, rapel e tirolesa. Os equipamentos são seguros e atividades são realizadas sempre com acompanhamento de monitores.

A idade para participar é a partir de quatro anos, sem limite de idade. A orientação é que os visitantes usem bermuda, camiseta e tênis. A entrada é gratuita.

Para quem não conhece, o arvorismo possui três andares, com diferentes níveis de dificuldade, de acordo com a altura do participante. É composto por ponte mista (toco de madeira transversal e atravessado); ponte tibetana (feita de cordas em V, para ser atravessada a pé); ponte em formato de rede; ponte falsa baiana (com três cabos: em cima, no meio e embaixo).

É importante ressaltar que os agendamentos de grupos, escolas ou instituições, ainda não foram liberados.

Visitas individuais não necessitam de agendamento, basta chegar ao local, nos dias e horários de funcionamento: quarta-feira – 8h às 14h; quinta-feira – 13h às 19h; sexta-feira e sábado – 16h às 22h e domingo – 10h às 16h.



Últimas Notícias