Divulgação

Vice-prefeito de Ubatuba faz BO contra Flávia Pascoal após não conseguir entrar em sua sala no Paço Municipal



Postado em: 03/01/2022


O vice-prefeito de Ubatuba, Márcio Gonçalves Maciel, o Marcinho da Aciu (PSB), fez um Boletim de Ocorrência por exercício arbitrário das próprias razões contra a prefeita Flávia Pascoal (PL), na manhã desta segunda-feira (3), após não conseguir entrar em sua sala, que teve a fechadura trocada. A relação deles já estava estremecida.

Em depoimento ao portal LN 21, ele disse que, como de costume, chegou à Prefeitura por volta das 8h10, mas não conseguiu entrar na sua sala, que teve a fechadura trocada. O vice-prefeito afirmou que foi conversar com o chefe de Gabinete, Alexandre Augusto Ferrazzo Pastro, que teria afirmado que foi uma determinação da prefeita.

Marcinho disse que conversou com seu advogado e vai entrar com uma medida cautelar. “Acho que a prefeita não sabe que nós dois fomos eleitos e não só ela. Gostaria de um pouco de respeito. Podemos não nos falar, mas tem de haver respeito. Agora vamos resolver na Justiça”.

Em um post publicado no dia 31 de dezembro em sua página no Facebook, o vice-prefeito afirmou “que neste novo ano que se aproxima as atitudes sejam repensadas, as promessas possam ser cumpridas e nossa cidade e nosso povo sejam colocados à frente de tudo. Feliz ano novo Ubatuba”, numa demonstração de descontentamento.

Flavia foi eleita com 14.227 votos contra 13.466 do então prefeito Délcio Sato, com uma diferença de apenas 761 votos.

O portal Radar Litoral entrou em contato com a Prefeitura, mas não obteve um posicionamento até a publicação da matéria.



Últimas Notícias