Ubatuba recebe 50 vagas para cursos gratuitos de qualificação profissional com bolsa-auxílio de R$ 210



Postado em: 14/09/2021


A Secretaria de Assistência Social de Ubatuba está com inscrições abertas para 50 vagas nos cursos de qualificação profissional "Planejamento e Gestão de Empreendimentos Gastronômicos" e "Orientador de Turismo Local", oferecidos pelo programa Via Rápida, do Governo do Estado de São Paulo.

As inscrições devem ser realizadas pelo site: http://www.cursosviarapida.sp.gov.br/onde-estudar até sexta-feira (17). É preciso ter idade mínima de 16 anos, ser alfabetizado e domiciliado no Estado de São Paulo. Caso o número de inscritos seja superior ao número de vagas, serão priorizadas as pessoas desempregadas, com baixa renda e com deficiência.

As qualificações oferecidas são de curta duração, totalmente gratuitas, disponíveis no formato remoto com aulas ao vivo, no modelo de Ensino à Distância (EAD). Com carga horária de 100 horas, o curso de "Orientador de Turismo Local" oferece 30 vagas e abordará os temas recepção, condução, orientação e assistência de pessoas em atrativos turísticos locais. Já o curso de Planejamento e Gestão de Empreendimentos Gastronômicos tem duração de 80 horas e subsidiará os participantes para que possam prospectar e planejar a abertura de estabelecimentos na área de alimentos e bebidas e administrar integralmente o negócio de maneira eficiente.

A convocação dos candidatos selecionados ocorrerá por e-mail. As aulas têm previsão de início para o dia 27 de setembro. Para receber o certificado, o aluno deve ter ao menos 75% de presença nas aulas. O processo de seleção, pagamento de bolsa-auxílio e emissão de certificado são de responsabilidade do Governo do Estado.

Bolsa-auxílio

Os estudantes matriculados receberão uma bolsa única de R$ 210 para ajuda em suas despesas durante a realização do curso do programa Via Rápida. O auxílio será disponibilizado aos alunos que cumpram os requisitos e estejam frequentes após 10 dias de aula.

O pagamento será feito por meio de código bancário que o estudante usará para sacar em caixas eletrônicos do Banco do Brasil e da Rede 24 horas. O recurso fica disponível por 30 dias após a comunicação oficial por e-mail de que o valor está disponível.

Para receber a bolsa-auxílio, além de ser desempregado e estar frequente no curso, o estudante não pode estar recebendo seguro-desemprego ou outros auxílios da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do governo do Estado de São Paulo.  



Últimas Notícias