Instituto de Memória Brasil Vivo e Coletivo Caiçara promovem oficina para o Prêmio Mestres da Cultura Viva de São Sebastião



Postado em: 09/09/2021


O Instituto de Memória Brasil Vivo e o Coletivo Caiçara realizarão nos dias 11, 18 e 25 de setembro, às 15h, pela plataforma virtual Google Meet, uma série de oficinas preparatórias voltadas a mestres da cultura caiçara que tenham interesse em concorrer ao prêmio lançado pela Fundass, via edital de chamamento público.  A iniciativa visa fortalecer a Política Cultura Viva no município de São Sebastião.

A coordenadora do projeto, Vanessa Stropp, conta sobre a importância da atividade. “Este momento é histórico e deve ser muito bem marcado. O Programa Cultura Viva nasceu em 2004 e desde então já percorreu uma sólida e importante trajetória, virando lei e ganhando cidades em todo país, fruto de inúmeras batalhas de Pontos de Cultura de todo o Brasil. O prêmio é a aplicação dessa política em nossa cidade e se configura como um grande passo e ao mesmo tempo só o começo. Ainda precisamos avançar muito, e para isso participar é a única saída”.

A programação da oficina está distribuída em três encontros. No primeiro dia (11/9) será feita a apresentação do edital, a fim de levantar e conhecer as regras e obrigações dos candidatos, bem como a documentação exigida. Já no segundo sábado (18), os presentes poderão tirar suas dúvidas sobre o Cadastro de Artistas, Grupos e Entidades Culturais (CAGEC), etapa obrigatória para participar do edital. Por fim, no último encontro (25), a oficina será voltada ao formulário de inscrição, cujo prazo de envio encerra em 3 de outubro.

Os participantes receberão um material complementar com passo a passo, e contarão ainda com um suporte via whatsapp até o término do edital, possibilitando um acompanhamento mais direto durante todo processo de inscrição. A participação é livre e gratuita. No entanto terá um recorte para Mestres da Cultura Caiçara. Espera-se, com a parceria entre o Ponto de Cultura e o Coletivo Caiçara, diminuir a distância entre
a comunidade e o acesso às políticas públicas culturais. Com isso ganha o mestre, ganha a cidade e ganha o Patrimônio Imaterial presente nos saberes genuínos passados de geração em geração. 

A caiçara e fundadora do Peixe de Varal, Angélica Souza, confirma a relevância do evento. “Muitas vezes aparecem boas oportunidades para desenvolver ou expor nosso trabalho em editais como esse, mas nem sempre conseguimos participar ou chegar até o final do processo porque a dificuldade de entendimento à linguagem é grande, são muitos os obstáculos. Então essas oficinas preparatórias podem nos ajudar, trazendo conhecimento e confiança para poder cada vez mais participar de igual pra igual”.

Serviço
Oficina Prêmio Mestre da Cultura Viva
Data: 11, 18 e 25 de setembro de 2021
Horário: 15h às 18h
Local: Online pelo link https://meet.google.com/xkd-fqoa-tmt da plataforma Google Meet
Inscrições, suporte e outras informações: 11 94280-9070 (whatsapp)
A programação é gratuita.



Últimas Notícias