Câmara de São Sebastião economiza e devolve dinheiro para Prefeitura pagar 13º dos funcionários do Hospital



Postado em: 00/00/0000


Em função de economias feitas ao longo deste ano, a Câmara Municipal de São Sebastião devolverá R$ 1,2 milhão para a Prefeitura utilizar no pagamento do 13º salário dos funcionários do Hospital. Além disso, serão devolvidos recursos para a compra de equipamentos, que devem chegar a R$ 800 mil. A informação é do presidente da Casa, Luiz Antônio Santana Barroso, o Coringa (PSD).

Em entrevista ao portal RADAR LITORAL, Coringa disse que entendendo a situação financeira da Prefeitura, cortou manutenções e serviços necessários para que houvesse a devolução dos recursos para o pagamento do 13º salários dos funcionários do Hospital.

“Acreditamos que a utilização dos recursos para este fim (13º dos funcionários) estamos atingindo toda a população que se utiliza do Hospital. Cortamos serviços de manutenção, reduzimos gastos com telefonia e encerramos contratos apesar de necessários, para que houvesse a sobra de recursos”, afirmou o presidente.

Além disso, a Câmara deve destinar recursos em torno de R$ 800 mil para a compra de equipamentos para o Hospital, como camas elétricas, ar condicionado para a UTI, 10 impressoras e copiadoras, 20 poltronas reclináveis para acompanhantes e duas caixas d´água.

Coringa disse que a economia não tem relação com a redução de pessoal e também dos supersalários, pois a Câmara está no limite constitucional de gastos com pessoal, que é de 70%.

A Câmara Municipal tem um orçamento anual de aproximadamente R$ 16 milhões e o repasse mensal feito pela Prefeitura (duodécimo) é de R$ 1,35 milhão.

TV Câmara

O presidente afirmou que pretende realizar os investimentos em melhorias no decorrer do próximo ano. Entre eles, está a TV Câmara, projeto iniciado durante a gestão do vereador Marcos Tenório (PSC) como presidente.

“A intenção é implantarmos a TV Câmara para dar mais transparência aos atos do Legislativo. Queremos mostrar não só as sessões, mas como os vereadores fiscalizam o Executivo e o trabalho da Câmara. O objetivo é dar transparência aos trabalhos políticos e administrativos”.



Últimas Notícias