Rosângela Falato/PMSS

Mocidade Independente da Topolândia dá largada para o Carnaval 2016 em São Sebastião



Postado em: 19/10/2015


São Sebastião já começou a esquentar os tamborins para o carnaval 2016. O fim de semana foi de festa para o G.R.C.E.S Mocidade Independente da Topolândia que escolheu sua Musa e a Rainha e Madrinha de Baterias além de oficializar seu samba-enredo que presta homenagem à bailarina Judith Soares Delgado, radicada em São Sebastião desde 1985.

 Emocionada e feliz, a bailarina, aos 81 anos, mostrou todo seu talento e energia durante a apresentação do samba-enredo no sábado (17), no palco montado na Área de Lazer do Itatinga, na região central da cidade.

A festa da Mocidade começou na sexta-feira (16), com a escolha da Musa da escola, Ramos Biana, da Madrinha de Bateria, Thelma Jakutis, e a Rainha da Bateria, Mariana Barreto.  A escolha desse trio que vai abrilhantar a Mocidade na avenida foi feita por um júri especial composto por Renê Faria, irmão do cantor Péricles, e um dos maiores compositores de samba-enredo da Império Serrano, Maurício Brasil.

Já, o samba-enredo da Mocidade foi oficializado na noite de sábado (17), com a participação da Musa, Rainha e Madrinha, bem como dos integrantes da bateria, da porta-bandeira Neila Silva, e da graça e talento da dupla Lucas Duarte Silva, 12,, pela segunda vez mestre-sala mirim, e a beleza de Thayna Carvalho Cunha, 10, que pela primeira vez entrará na avenida como porta-bandeira mirim. A abertura da festa contou com participação especial do coreógrafo Anderson Rodrigues que apresentou com seu grupo de dança Independance, dois trabalhos: Encontros e Desencontros" e "Retratos".

Emoção

Aos 81 anos, a bailarina Judith Soares, que iniciou seus estudos e carreira em São Paulo e, nos últimos 25 anos, leciona ballet no Tebar Praia Clube, tem uma relação afetiva com o Carnaval.

Foi em um baile carnavalesco que conheceu seu marido com quem ficou casada por 56 anos. "Esse momento é de muita alegria, é como concluir uma parte da minha vida. Para mim, a dança é vida", disse Judith, emocionada com a homenagem da escola e o samba-enredo dos compositores Bira Caiçara, Lincoln, Reginaldo Ramos e Pedro Dias.

Ao apresentar a homenageada aos integrantes da escola, o carnavalesco da Mocidade, Marlon Vicent, frisou a importância da "brasileira de corpo e alma que já brilhou, muitas vezes, defendendo com garra cada personagem que vestiu na pele como bailarina e atuando com excelênciaem seu trabalho como professora. A Mocidade Independente da Topolândia transformará a avenida em um imenso teatro onde irá declarar sua gratidão e reconhecimento ao trabalho de Judith Delgado", disse Marlon.

Acompanhada pela família, Judith recebeu esse momento com muito carinho junto com o presidente da escola, João Roberto Alves, e a secretária de Cultura e Turismo, Marianita Bueno, que destacou a bela iniciativa da Mocidade na escolha da homenageada e na festa que iniciou os preparativos do Carnaval 2016.

No palco, Judith não conteve a alegria e caiu no samba. Afinal, foi impossível resistir ao som da bateria e do entusiasmo da Mocidade.



Últimas Notícias