Ricardo Faustino/PMSS

Mais de 400 atletas participam do 1º Desafio Aquaman-Cambury Ilha dos Gatos



Postado em: 00/00/0000


Com o objetivo de divulgar o esporte de maratona aquática, o 1º Desafio Aquaman-Cambury Ilha dos Gatos reuniu neste sábado (17), centenas de atletas napraia de Cambury, na Costa Sul de São Sebastião.  O evento, que contou com apoio da Prefeitura, por meio da Secretaria de Esportes, registrou a inscrição de 411 competidores.

A disputa teve dois percursos, o Short com 1,5 km e o Long, cujo trajeto mudou para aproximadamente 4km em volta de boias.

Em princípio, os atletas largariam da praia até a ilha dos Gatos, de onde retornariam ao ponto de partida totalizando 7km. "A expectativa era de que essa prova acontecesse, mas a condição que a natureza nos ofereceu fez com que mudássemos o percurso por questão de segurança. Havia correnteza muito forte no mar", explicou Samir Barel, um dos organizadores e referência na prática. "Ficamos um pouco frustrados, mas em primeiro lugar está a vida do atleta", completou. Muitos competidores, segundo ele, poderiam completar a prova, mas a maioria não teria condições.

O secretário adjunto da pasta, João Amorim, marcou presença na competição. Ele deu boas vindas a todos os competidores e destacou a beleza e o potencial das praias da região sul da cidade para a realização de eventos dessa natureza.

Mundiais

Os desafios com selo Aquaman são maratonas aquáticas de longa e curta distâncias para atletas experientes e iniciantes de todas as idades. Em Cambury, houve a participação de campões mundiais ultramaratonistas (acima de 15 km): uma espanhola e um argentino.

Na disputa de 1,5km, o vencedor masculino foi o nadador de Campinas (SP) Gustavo Roberto Giroto, 33, da Academia Elo. Com o tempo de 25min14seg, ele considerou a competição como excelente. "No começo, atravessar a arrebentação com o mar mexido foi um pouco difícil, mas a partir da primeira boia deu para deslanchar melhor. A temperatura da água também estava boa", falou Giroto, que costuma participar eventualmente de maratonas. Ele também elogiou a praia de Cambury. "Conheço a região, mas é a primeira vez que venho a essa praia e achei muito bonita", conclui.

Já na competição feminina, a campeã foi à paulistana Cibele Diedrichs, 31, com o tempo de 31min23seg. "O mar estava com a temperatura ótima, mas muito mexido e isso atrapalha um pouco. Engoli bastante água", contou Cibele.

Boa forma

Além de difundir a modalidade, a finalidade do evento é atrair novos adeptos e trabalhar a qualidade de vida. Um exemplo disso é a competidora Elza Marina Mazzei Adolfo, 69, que participa de maratonas aquáticas há mais de 30 anos e demonstra boa forma. "Acho que eu já nadava na barriga da minha mãe. Gosto muito de água", brincou.

Natural de Cabreúva, interior de São Paulo, ela disputou o percurso de 1,5km e foi uma das classificadas em sua categoria. "A prova foi maravilhosa e bem difícil. Houve muita dificuldade para vencer a correnteza e as ondas e isso foi um desafio muito grande, mas valeu a pena", avaliou dona Elza, que desenvolve um projeto social em sua cidade com a comunidade carente. "Dou aula de natação para 40 crianças", revelou a professora aposentada de Educação Física, mas que continua na ativa. 

O resultado completo da competição, capitaneada por Marcos Campos, Carlos Eduardo Pavão e Samir Barel, pode ser conferido no portal www.desafiosaquaman.com.br; o evento também contou com o apoio do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), Corpo de Bombeiros e pousadas da região.  



Últimas Notícias