Divulgação

Felipe Augusto apresenta atrativos e projetos de homeport e marina em feira na China; país é o principal emissor de turistas no mundo



Postado em: 30/05/2018


O prefeito de São Sebastião, Felipe Augusto, participa esta semana da quinta edição da “China Beijing International Fair for Trade in Services”, que começou na última segunda-feira (28/5),em Pequim. Além da cidade como destino turístico e seus atrativos, ele apresenta aos grupos de potenciais investidores os projetos de “homeport” e marina a serem desenvolvidos no município. São Sebastião integra o estande da Embratur e a comitiva conta com representantes do Ministério do Turismo e do Ministério da Indústria e Comércio.

O turismo brasileiro está em um pavilhão de 370 metros quadrados dedicado ao país. O Ministério do Turismo levou uma delegação com 25 representantes de destinos turísticos brasileiros e responsáveis por empreendimentos turísticos interessados em atrair investimentos da ordem de US$ 4,5 bilhões para o Brasil, entre eles, São Sebastião.

O Radar Litoral entrevistou por telefone o prefeito Felipe Augusto. “A delegação brasileira representa os destinos turísticos em desenvolvimento e com chances de crescimento e com possibilidades de receber investimentos em projetos de infraestrutura turística como o caso das marinas públicas e o homeport. Os projetos sebastianenses foram destaque em apresentações, reuniões e meetings durante a feira em Pequim”, ressalta o prefeito.

Conforme informou, foram realizados encontros com as maiores agências de turismo da China. “O alcance da feira é enorme. A probabilidade de aumentar o nosso turismo ao longo do ano é imensa. O turista chinês quer destinos no Brasil e as rotas Rio, São Paulo e Foz do Iguaçu estão entre as apresentadas”, enfatizou o prefeito Felipe Augusto.

O secretário Nacional de Estruturação do Turismo, José Antônio Parente, é o representante do Ministério do Turismo do Brasil no evento que contou com a participação do vice-primeiro-ministro da China, Hu Chunhua. “Como convidado de honra temos a obrigação de estarmos bem representados e por isso viemos com uma importante comitiva de diversas regiões do país. São pessoas que querem fazer negócios e trabalhar para o aumento do fluxo de chineses para o Brasil”, explicou o ministro do Turismo, Vinicius Lummertz. “Esperamos que este momento marque o início de importantes negócios e o fortalecimento definitivo da relação entre os dois países”, completou.

A China é o principal emissor de turistas no mundo - 135 milhões - mas apenas 61,2 mil visitaram o Brasil em 2017, um crescimento de 6% em relação ao ano anterior. Para aumentar esse número, o Ministério de Relações Exteriores, em parceria com o Ministério do Turismo, tem realizado uma série de ações de facilitação para este público estratégicos. O Brasil ampliou de três meses para cinco anos o tempo de duração dos vistos de turistas com múltiplas entradas e abrirá nove Visa Centers na China, passando dos três atuais para 12.

Durante toda a semana serão realizadas rodadas de negócios entre representantes de destinos turísticos e empresários brasileiros com investidores chineses. A CIFTIS é organizada conjuntamente pelo Ministério do Comércio da China e pelo Governo Popular do Município de Pequim com periodicidade bienal. Trata-se da primeira feira internacional de comércio de serviços estatal e abrange todos os 12 setores de serviços definidos pela Organização Mundial do Comércio (OMC). O Brasil está representado pelos ministérios do Turismo, da Indústria, Comércio Exterior e Serviços e das Relações Exteriores, além da Embratur e Apex-Brasil.

 



Últimas Notícias