Divulgação

Prefeitura de São Sebastião aciona plano de contingência após confirmação de caso de febre amarela


Postado em: 25/04/2018

A Prefeitura aciona plano de contingência após confirmação de febre amarela Em virtude da confirmação do primeiro caso de febre amarela em ser humano, no inicio da tarde desta terça-feira (24), o prefeito Felipe Augusto mobilizou representantes das secretarias municipais, Defesa Civil e Fundação Florestal para uma reunião de emergência onde foi iniciado um plano de contingência na tentativa de atingir os 32% da população da cidade que ainda não se vacinaram contra a doença.

Todas as ações serão iniciadas nesta quarta-feira (25/04) com a mobilização dos alunos da Secretaria Municipal de Educação em palestras educativas nas escolas falando da importância de se imunizar contra a doença. Além disso, as equipes de agentes da Estratégia Saúde da Família (ESF’s) farão o bloqueio vacinal e as imunizações casa a casa nos bairros da Costa Sul.

Equipes da Defesa Civil e da Fundação Florestal também deverão acompanhar os agentes de saúde para vacinar a população que reside em áreas isoladas e nas áreas de mata do Parque Estadual da Serra do Mar.

“Queremos atingir o maior número de pessoas e certamente o auxílio das equipes da Defesa Civil e do Parque Estadual será fundamental para atingirmos a estes lugares onde o acesso é mais difícil”, explicou o secretário de saúde Carlos Roberto Pinto.

Ainda de acordo com o secretário o número de pessoas que ainda resistem à imunização é muito grande. “Há muita informação inverídica sobre a vacina, mas, este é o principal meio de ser imunizado contra a doença”, frisou.

Para o prefeito Felipe Augusto o momento é de mobilização e ação para ampliar o percentual de pessoas vacinadas. “A população precisa se conscientizar de que a vacinação é a única forma de se prevenir contra a doença e a pessoa que não se vacinar, caso seja contaminado pelo vírus têm apenas 50% de chance de sobrevida”, destacou Felipe Augusto.

Investigação

Além do paciente que permanece internado em São Paulo, a cidade está investigando a causa da morte de um segundo paciente que deu entrada no Hospital de Clínicas de São Sebastião e faleceu na madrugada desta terça-feira com suspeita da doença. Segundo informações do setor de Vigilância em Saúde, os dois casos são de moradores que viviam na Costa Sul da cidade e ao dar entrada na unidade hospitalar deram como referência um endereço de Barra do Sahy.



Últimas Notícias