Interditada após queda de barreira, Rodovia Mogi-Bertioga deve permanecer fechada até segunda


Postado em: 11/04/2018

Uma queda de barreira interdita desde quarta-feira (11/4) a Rodovia Paulo Rolim Loureiro, a Mogi-Bertioga. A estrada deverá continuar fechada pelo menos até segunda-feira (16/4), conforme informação da Polícia Rodoviária Estadual.

Na tarde desta quinta (12/4), a rocha de 200 toneladas que caiu sobre a pista começou a ser perfurada para posterior implosão. A Diretoria Regional 10 do DER, responsável pela rodovia, informa que a rodovia permanecerá fechada ao menos até segunda-feira, quando os geólogos a serviço do Estado reavaliarão a situação.

Os bloqueios se mantêm no km 67 e km 98 da rodovia. A estrada também ficou interditada por mais de uma semana em fevereiro e teve bloqueios por conta de deslizamentos no mês de março. 

Este último deslizamento ocorreu no início da manhã desta quarta-feira no km 89,5, trecho de serra, na chegada a Bertioga. A alternativa para os motoristas é o Sistema Anchieta-Imigrantes ou a Rodovia Tamoios.

Histórico

No dia 28 de março, o solo encharcado da encosta já havia empurrado o muro de contenção existente no local. Desde então, o DER trabalha com máquinas para a limpeza da pista e remoção do material. No entanto, o solo encharcado do local voltou a desestabilizar o talude, que cedeu novamente.

Ainda na nota, o DER informou que desde a madrugada desta quarta-feira, máquinas estão trabalhando para a remoção e limpeza da pista. Viaturas das Unidades Básicas de Atendimento, Defesa Civil de Bertioga e da Polícia Militar Rodoviária permanecem no local.

O desvio do tráfego no sentido São Sebastião, Caraguatatuba e Ubatuba deve ser realizado pelas rodovias dos Tamoios (SP 099) e Oswaldo Cruz (SP 125). Já para os condutores que trafegam para Guarujá e Bertioga, o Departamento orienta seguir pela via Anchieta (SP 150) / Rodovia dos Imigrantes (SP160).

*Matéria atualizada às 17h21 desta quinta (12/4/2018)



Últimas Notícias