Fotos: Divulgação/PMSS

Defesas Civis de São Sebastião e Ilhabela contabilizam e atuam nos problemas causados pela chuva forte


Postado em: 13/02/2018

As defesas civis de São Sebastião e Ilhabela passaram a terça-feira (13) de Carnaval na contabilização e resolução dos problemas causados pela chuva forte. Enchentes e quedas de árvores foram as principais ocorrências, sem vítimas.

São Sebastião

A Prefeitura de São Sebastião, por meio das equipes da Coordenadoria de Defesa Civil e Secretaria de Serviços Públicos e em parceria com o Corpo de Bombeiros trabalha para minimizar as ocorrências em razão da forte chuva.

De acordo com a Defesa Civil, foram registradas ocorrências como alagamentos, enxurradas e quedas de árvore, principalmente na Costa Sul da cidade, região mais atingida.

Em Boiçucanga, a Defesa Civil registrou queda de árvore sobre veículos e sobre a via elétrica nas ruas Boa Sorte e Rua Tião Vaca. Além de alagamento na Rua Cambucaeiro, alagamento próximo ao Cemitério e três veículos foram arrastados pela enxurrada.

Em Maresias, houve alagamento na Rua Sebastião Romão Cesar, Travessa Carla Mathias, transbordamento na Rua Beco 70 e muro obstruindo passagem de água na Rua Elis Regina.

Em Cambury, alagamento na Estrada Rio das Pedras, Sertão de Cambury, no Lobo Guará, queda de árvore no Km 152 + 500 – Via Liberada, retirada de árvore na Rua Olímpio Faustino, nº 100, casa alagada na travessa Ouro Verde, no Lobo Guará, e uma ponte com risco de queda na Travessa da Tijuca.

Já em Barra do Una, a Defesa Civil retirou uma árvore da Rua Lençóis, esquina com Rua Antártida. Em Barra do Sahy, uma queda de árvore na Avenida Adelino Tavares. No Porto Grande, região Central de São Sebastião, foi identificada também uma árvore com risco de queda na Rua Amapá.

O coordenador chefe da Defesa Civil, Ricardo dos Santos, informou que apesar das chuvas terem sido intensas, o trabalho imediato da corporação minimizou os problemas. "O nível dos Rios subiu muito, nossas equipes estão na rua desde ontem à noite para ajudar e orientar a população. Os bairros de Maresias, Boiçucanga e Cambury foram os mais afetados. Entretanto, nenhuma pessoa ficou desalojada ou desabrigada", disse ele.

Ele salientou também o forte trabalho de limpeza e desassoreamento de rios e córregos, desde o início da gestão, em 2017. "A situação está sob controle pelo fato de priorizarmos, em parceria com a Secretaria de Serviços Públicos, os fortes trabalhos em manutenção e prevenção", completou.

A Defesa Civil salienta que a apesar da intensidade da chuva ter diminuído todos estão em alerta e que a população pode entrar em contato pelo 199.

Ilhabela

A Prefeitura de Ilhabela, por meio da Defesa Civil, realiza desde a manhã de terça-feira uma série de vistorias, em caráter fiscalizatório, em diversos pontos da cidade devido às chuvas dos últimos dias.

Foram registradas quedas de árvores nos bairros do Veloso, São Pedro, Curral, Barra Velha e Saco da Capela, além do isolamento de um muro no bairro do Bexiga devido a grandes rachaduras que colocam a estrutura em risco.

O prefeito Márcio Tenório ressalta que o setor está de prontidão para intervir em qualquer ocorrência que possa ser registrada no município. "Nossa equipe está preparada para atender as possíveis demandas. Estamos trabalhando desde as 7h e continuaremos em alerta, visto que a previsão é de chuva para os próximos dias".

O arquipélago registra 83 mm de chuva acumulada nos últimos três dias e, segundo as previsões, deve ter volumes intensos de chuva até sexta-feira.



Últimas Notícias