Polícia Ambiental

Polícia Ambiental autua morador que mantinha aves silvestres em Caraguá; Na Ilha, obra em APP é embargada


Postado em: 09/01/2017

A Polícia Ambiental autuou um morador, na manhã desta terça-feira (9/1), no bairro do Sumaré, em Caraguatatuba, por manter sete aves da fauna silvestre em cativeiro. Além do auto de infração ambiental apresentada na Delegacia de Polícia, ele ainda terá de pagar multa de R$ 3,5 mil. Ao todo, 17 alçapões, oito gaiolas e um viveiro foram apreendidos.

Os policiais ambientais realizavam patrulhamento quando visualizaram as gaiolas na varanda da residência. Eram quatro canários da terra e três coleirinhas. O morador confirmou que não possui autorização para a criação dos pássaros, levados para o centro de reabilitação do Instituto Animália. 

Construção irregular

Ainda nesta manhã de terça-feira, a Polícia Ambiental autuou um morador de Ilhabela por construir em área de preservação permanente. A casa estava sendo ampliada sem qualquer autorização de órgãos ambientais, impedindo a regeneração natural em uma área de 800 metros quadrados. A construção foi embargada.



Últimas Notícias