Marinha abre inquérito para apurar acidente com lancha na Ilha do Montão de Trigo; óleo vaza no mar e pescadores temem prejuízo


Postado em: 05/11/2017

A Delegacia da Capitania dos Portos - Marinha do Brasil abrirá inquérito para apurar as causas do acidente com uma lancha Ferretti, que encalhou na costeira da Ilha do Montão de Trigo, na Costa Sul de São Sebastião, na noite de sábado (4/11). A embarcação continuava encalhada neste domingo (5/11). Representantes da Marinha, Grupamento de Bombeiros Marítimos (GBMar) e do ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade), responsável pela proteção do Arquipélago de Alcatrazes, estiveram no local.

Uma mancha de óleo no mar foi registrada neste domingo no entorno da Ilha do Montão de Trigo. Na noite do acidente, os dois tripulantes deixaram a lancha e seguiram a bordo de um bote em busca de socorro. 

A Marinha já fez contato com o proprietário da embarcação, que deverá ser autuado por poluição hídrica. As causas do acidente somente serão constatadas após a conclusão do inquérito.

Óleo no mar

A reportagem do Radar Litoral conversou com um morador da Ilha do Montão de Trigo, que tem prejuízo aos pescadores locais por conta do vazamento de óleo. "É muito óleo vazando da lancha, que continua encalhada nas pedras. Vai prejudicar a pesca aqui no entorno", declarou. Ele contou que o acidente ocorreu por volta das 20h30 de sábado e que logo os tripulantes deixaram a embarcação e seguiram no bote rumo ao continente. 

Técnicos do ICMBio estiveram na Ilha do Montão de Trigo às 15h20 de domingo e constataram que o óleo estava se dispersando na direção noroeste, ou seja, seguindo para a costa de São Sebastião. Não havia risco de comprometer o Arquipélago de Alcatrazes. Um morador da ilha constatou que havia cerca de mil litros de óleo vazando diretamente no mar. 



Últimas Notícias