Jeannis Platon/Divulgação

Voa São Paulo assume Aeroporto de Ubatuba e prevê investimentos em infraestrutura, hotel e shopping


Postado em: 01/11/2017

A partir desta quarta-feira (1/11) a empresa Voa São Paulo assume oficialmente a operação do Aeroporto de Ubatuba. Além do investimento de R$ 18 milhões em infraestrutura – compromisso firmado com o Governo de São Paulo, está prevista a construção de um hotel (dentro da área do aeroporto, próximo onde está o terminal hoje) e, também de um shopping center na área de 15 mil metros, onde atualmente há um estacionamento.

Representantes da instituição reuniram-se com o prefeito Délcio Sato (PSD) na tarde de terça-feira (31/10) para acertar os últimos detalhes (foto). Também esteve presente o secretário de Habitação e Planejamento Urbano, Wilber Cardozo. "Esses investimentos em desenvolvimento imobiliário terão início a partir de abril de 2018. A construção de hotel e de shopping center ultrapassa R$ 50 milhões de investimento", afirmou o diretor presidente da Voa SP, Othon Cesar Ribeiro.

Ribeiro ainda explicou que, nesse primeiro momento, começarão a ser feitos os primeiros investimentos em tudo o que for relacionado à operação do aeroporto, como melhoria da pista e asfalto, iluminação, construção e reforma de pátio, reforma de hangar (para aeronaves de terceiros que venham fazer alguma visita), instalação de balizamento noturno (luzes que orientam o pouso noturno) dentre outras.

"A partir desse mês de novembro, já iniciará a operação de um vôo, uma vez por semana, para São Paulo. É um acordo com uma companhia aérea e trata-se de um avião pequeno, para 12 passageiros. Em agosto de 2018, provavelmente, após esses investimentos de estrutura e ampliação da pista, a gente inicia com a operação de aeronaves maiores e, aí sim, vai ter operação de aeronaves para até 40 lugares, que chamamos de ATR", acrescentou.

O prefeito Délcio Sato comemorou o início das melhorias no local ainda no primeiro ano do seu governo. "O que anunciávamos, hoje se torna realidade. Os investimentos virão consequentemente com geração de emprego, turismo, arrecadação, economia e desenvolvimento do município", salientou.

Geração de emprego

Ribeiro ainda informou que a empresa já iniciou com oportunidades de emprego, efetuando a contratação de sete pessoas de Ubatuba, que são auxiliares de operação e já estão em treinamento, efetivamente como parte da administração do aeroporto.  Ele também garantiu que todos os serviços de corte de mato, reforma de construções e manutenção de pistas terá utilização de mão de obra local.

"Será uma geração de emprego bem expressiva. Na construção do hotel e do shopping, além de toda a reforma da pista, o objetivo da Voa SP é sempre usar a mão de obra local. Mesmo que contratemos uma empresa de São Paulo com conhecimento específico, ela traz os gestores principais, mas a contratação da mão de obra é sempre local. Acredito que, no segundo semestre do ano que vem, quando estivemos executando as obras que já não serão tão básicas, ultrapassa o recrutamento de 150 pessoas, pois são várias coisas acontecendo ao mesmo tempo", concluiu o diretor presidente.

 



Últimas Notícias