Fotos: Divulgação/ABRAMT

Abramt busca novos associados para aumentar força política e entra com ação contra "city gates"


Postado em: 27/10/2017

Fortalecer a entidade politicamente e ajuizar uma ação para suspender a distribuição de royalties aos municípios que possuem city gates. Estas foram as principais decisões tomadas na reunião extraordinária da Abramt (Associação Brasileira dos Municípios com Terminais Marítimos e Fluviais para Embarque e Desembarque de Petróleo e Gás Natural), realizada nesta quarta-feira (25/10), em sua sede, em Brasília.

O presidente da Abramt, o prefeito de São Sebastião, Felipe Augusto, ressaltou a necessidade de aumentar a representatividade da entidade e, consequentemente, fortalece-la politicamente. "Temos de buscar um número cada vez maior de municípios associados, para que possamos ter força nas nossas reivindicações".

Ficou definido que um grupo formado pelos ex-prefeitos de São Sebastião, Luiz Alberto de Faria, representando a presidência e de Tramandaí, Flaito Consul, representando a diretoria financeira, além de um integrante da assessoria jurídica, visitará os municípios associados inadimplentes para buscar a sua regularização e outros não associados que se enquadram no perfil da entidade, para convidá-los a participar.

A Abramt decidiu ainda ajuizar uma ação para suspender a distribuição de recursos dos royalties para municípios que têm city gates.

Ficou definido que a entidade atuará com sua assessoria jurídica nas ações somente dos municípios associados e que estejam com a mensalidade em dia.

Foram abordadas ainda questões administrativas e jurídicas da entidade.

Representantes da Abramt devem participar do I Seminário Nacional sobre Aplicação de Royalties, que ocorrerá no dia 10 de novembro, em Ilhabela.



Últimas Notícias