Divulgação/PMI

Prefeitura de Ilhabela intensifica ação contra construções irregulares


Postado em: 21/10/2017

A Prefeitura de Ilhabela, por meio do Departamento de Fiscalização, em parceria com a Fiscalização Ambiental (da Secretaria de Meio Ambiente) e a Polícia Militar Ambiental tem realizado constantemente vistorias em possíveis locais de invasão no município. Entre as ações promovidas pela prefeitura, está a instalação de placas informativas em áreas congeladas e de Preservação Permanente (APP), onde é proibida qualquer construção.

As Áreas de Preservação Permanente e Ambiental (APA) sofrem com a invasão clandestina, ação que provoca uma série de mudanças ao meio ambiente, assim como a contaminação de mananciais superficiais e subterrâneos, devido ao saneamento inadequado, e até mesmo inundações urbanas, visto que as nascentes de córregos e rios são comuns na cidade.

Preocupada com essa questão, a Prefeitura de Ilhabela está trabalhando visando reprimir e conter as invasões. “Desde o começo do ano foram realizadas diversas vistorias e, nestas últimas semanas, acompanhei de perto o trabalho realizado pelo nosso Departamento de Fiscalização. O compromisso da administração com o Ministério Público Federal é tratar as ocupações de forma responsável, buscando levar segurança e dignidade aos moradores, não permitindo, assim, que ações destrutivas e contra a lei continuem acontecendo no município”, ressaltou o prefeito Márcio Tenório.

Alexandre Baptista, diretor de Fiscalização, solicitou que os moradores denunciem construções duvidosas. “Pedimos ainda a colaboração dos moradores com a fiscalização. Toda ajuda é importante para a continuidade do trabalho e orientamos que antes de adquirir qualquer terreno, a pessoa verifique sua legalidade junto à prefeitura. Estamos empenhados no combate ao crescimento desordenado em parceria com os órgãos competentes, principalmente nas APA’s em conjunto com a Fiscalização Ambiental”, concluiu.

Denúncias – As denúncias podem ser feitas pelo telefone (12) 3896-9200, ramais 9352, 9339 ou 9346.

 



Últimas Notícias