Polícia Civil

Polícia Civil faz reconstituição do assassinato da motorista de ônibus na Costa Sul


Postado em: 10/08/2017

A Polícia Civil realizou, na manhã desta quinta-feira (10/8), no bairro de Juquehy, na Costa Sul de São Sebastião, a reconstituição do assassinato da motorista de ônibus Joseilda Silva de OIiveira, 34 anos. Ela foi morta na madrugada do dia 29 de julho. O crime chocou a comunidade sebastianense. 

Além dos investigadores do SIG (Setor de Invetigações Gerais) do 2º Distrito Policial de Boiçucanga, dez policiais militares e a equipe da perícia da Polícia Civil também participaram da reconstituição. Segundo o investigador chefe do SIG, Ricardo Marques, o acusado, que foi preso um dia depois do crime, participou da reconstituição nesta manhã e manteve a versão do depoimento. O indivíduo já retornou à prisão.

A reconstituição do crime foi realizada nesta manhã de quinta-feira (10/8), em Juquehy

O caso

O Radar Litoral publicou a reportagem sobre o crime bárbaro no dia 29 de julho. A motorista de ônibus Joseilda Silva de Oliveira Pereira, 34 anos, foi brutalmente assassinada e o corpo carbonizado encontrado durante a manhã em um terreno baldio do bairro.

A Polícia Civil informou, na ocasião, que ela teria ido a uma quermesse, na noite de sexta-feira (28/7) e seu corpo encontrado por volta de 6h de sábado, com marcas de pedradas e parcialmente carbonizado. Materiais encontrados na cena do crime foram recolhidos. Joseilda Pereira, conhecida como Josi, era motorista de ônibus e deixou dois filhos. 

O homem acusado de matar e incendiar o corpo da motorista tem 27 anos e, segundo a polícia, confessou o crime. Ele disse à polícia que o uso de drogas teria motivado a cometer o crime. 

 



Últimas Notícias