PMC

Caraguatatuba lança cartilha digital de arborização urbana


Postado em: 07/08/2017

A Secretaria de Meio Ambiente, Agricultura e Pesca de Caraguatatuba, lançou na última segunda-feira (7/8) uma nova ferramenta para incentivar o equilíbrio ambiental na cidade. Agora, todas as pessoas poderão consultar no site e Facebook oficial da prefeitura, a cartilha de arborização urbana, desenvolvida pelo setor de Criação e Arte da Secretaria de Comunicação. A proposta é auxiliar os moradores a plantar de forma adequada e planejada, espécies que mais se adaptam na região.

O secretário de Meio Ambiente, Marcel Giorgeti, explica que arborização urbana é toda cobertura vegetal presente nas cidades formada pelas áreas livres de uso público (praças, parques ou orla da praia), as áreas livres particulares (quintais, jardins internos e pátios) e as áreas que acompanham o sistema viário (calçadas, canteiros ou rotatórias).

Segundo ele, já está em desenvolvimento o plano de arborização no município, que no momento está sendo implementado em prédios públicos, e no seu entorno. Ainda de acordo com o secretário, esta é uma ação importante para a qualidade de vida de todos os cidadãos, contudo, há ainda pessoas que resistem em um plantio perto de sua residência. "Antes de aplicar o projeto nos bairros da cidade consultamos os moradores. E infelizmente ainda encontramos resistência. Algumas pessoas justificam que o plantio de árvores pode virar esconderijo de bandido ou mesmo fazer muita sujeira", lamenta Giorgeti. Todavia, conforme o secretário, para que arborização urbana possa desempenhar o seu papel, a responsabilidade deve ser compartilhada entre a população, as empresas e o poder público. 

Diante da necessidade desta ação conjunta, a diretora de Meio Ambiente, Saneamento e Educação Ambiental, Tatiana Soares Scian, esclarece a importância da publicação da primeira cartilha de Arborização Urbana, em toda região. Tatiana ressalta que as árvores, por meio de suas funções ecológicas e paisagísticas, desempenham relevante melhoria da qualidade de vida das populações urbanas, como por exemplo, a redução d a temperatura climática, diminuição da sensação térmica de pedestres e motoristas; redução da poluição atmosférica  melhorando a qualidade do ar; servindo como alimento e abrigo natural a pequenos e médios animais,  favorecendo também  ao equilíbrio ambiental;  ajudam na infiltração das águas pluviais diminuindo erosões e enchentes; minimizam a aridez da paisagem urbana; embelezam e perfumam as ruas, avenidas e praças; além de valorizar os imóveis. "As áreas arborizadas proporcionam a diminuição da degradação e da manutenção das áreas pavimentadas e do efeito dos raios solares sobre a população, gerando economia dos recursos públicos nas áreas de infraestrutura e saúde. Além de auxiliar no controle da temperatura e na umidade do ar", destacou.

A cartilha digital contém diversas informações para ajudar na conscientização, bem como incentivar a participação de todos nesta ação que só trará benefícios a toda população. Em breve a ferramenta também estará disponível na versão impressa.



Últimas Notícias