Ronald Kraag

Semana de Vela de Ilhabela eleva índice de ocupação em período de baixa temporada



Postado em: 16/07/2017


Com atrações em terra e no mar, a Semana Internacional de Vela de Ilhabela elevou o índice de ocupação em pleno inverno para 66%. A cidade ficou cheia, com público ainda maior durante os finais de semana.

“Estamos resgatando esse evento tão importante para a nossa cidade. A Semana de Vela é uma vitrine para o município que leva o nome de Ilhabela não só para o Brasil, como para o mundo. Além das regatas, ter entretenimento disponível para todo público faz com que o evento fique ainda mais atrativo”, diz o prefeito Márcio Tenório.

Com o novo formato da Semana de Vela, levando para fora do Yacht Club as atrações do evento como palestras, estandes e shows, tudo acontecendo no Race Village, chamou a atenção do público que antes não podia participar desses acontecimentos, aumentando assim a movimentação no centro histórico.

“No ano passado, no mesmo período, com o mesmo evento, tivemos 51% de ocupação, ou seja, esse ano o índice é bem maior e isso prova a eficiência do novo formato”, enfatiza o presidente da Associação Comercial de Ilhabela, Wilson Santos, destacando que o comércio tem comemorado os resultados. “Apesar de toda crise para o comércio o resultado tem sido muito bom. Na segunda-feira, por exemplo, com o show da banda Jota Quest, praticamente todo comércio da Vila faturou bem, coisa que a gente não fazia há muito tempo na baixa temporada”, diz Santos.

Com uma programação variada, o Race Village tem trazido ao público na última semana palestras com especialistas em vela, como os membros da família Klink e Schurmann, estandes para visitação, como os da Marinha do Brasil e do projeto Tamar, apresentações de dança, com a Mostra de Dança da Fundaci, shows, além de um cinema montado especialmente para os moradores e visitantes.

“Nossa meta era chegar a 55% de ocupação, e estamos praticamente batendo 70%, o que demonstra sucesso total do evento. Com esse índice, estamos trabalhando com metas e indicadores para que possamos ter dados reais do turismo na cidade e, com isso, investir e fomentar a atividade turística da Ilha de acordo com o perfil da cidade”, falou o secretário de Turismo, Ricardo Fazzini.



Últimas Notícias