Divulgação

Largada da UB515 Ultra Triathlon ocorre nesta sexta-feira em Ubatuba; organização da prova ilumina quadra como contrapartida


Postado em: 04/05/2017

A avenida Iperoig, em Ubatuba, será o ponto de partida para 28 atletas que irão disputar a 4ª edição do Erdinger Alkoholfrei UB515 Brasil Ultra Triathlon, único triathlon da América do Sul na distância Ultraman.

A prova, que tem início na Capital do Surf e vai até o Rio de Janeiro, começa a partir das 6 horas da manhã de sexta-feira (5), e vai até domingo (7), totalizando um percurso em que os triatletas terão de nadar 10km, pedalar 421km e correr 84,4km; a competição é feita nos mesmos moldes do Campeonato Mundial, que é realizado há 34 anos na ilha de Kailua-Kona, no Havaí (EUA). As largadas acontecem sempre às 6h e o tempo final para concluir cada etapa deste triathlon é de 12 horas.

Excepcionalmente, esta edição contará com a presença do americano Curtis Tyler, criador do Ultraman havaiano, que vem ao Brasil para conhecer a versão nacional do desafio.

Alexandre Ribeiro, hexacampeão mundial do Ultraman e diretor do UB515, enfatizou a importância da presença de Tyler.

"Curtis Tyler representa a história do Ultraman, pois a ideia de contornar a ilha de Kona nadando, pedalando e correndo, concluindo um total de 515km, veio dele. Sua vinda para assistir à prova tem um significado muito grande, ratificando que nosso trabalho está no caminho certo", afirmou Ribeiro.

Expansão

Alexandre Luna, parceiro de Ribeiro no comando do UB515, ressaltou o crescimento da prova.

"Nesta 4ª edição teremos a presença de atletas de nove estados brasileiros, todos muito experientes em triathlons de longa distância e com várias competições de Ironman nas costas. Um fato interessante e inédito em provas de Ultraman no mundo é que pela primeira vez pai e filho competirão juntos", destaca Luna.

Os cearenses Anderson Lira, de 44 anos, e Peterson Lira, 25, representam, nesta edição do UB515, uma das palavras mais citadas no evento: a "família".

Pela primeira vez, pai e filho alinharão juntos para desafiar uma competição de ultraman.

Para Anderson, a experiência de já ter concluído a competição o estimulou.

"Vou desafiar meus limites físicos e mentais em busca de evolução espiritual. Esta prova tem conceitos familiares e de tratamento ímpar, que nos meus 16 anos de esporte jamais havia visto. Então, quero esse ano realizar o sonho compartilhado de finalizar o UB515 com a companhia do meu filho dentro do evento", salientou.

Para Peterson, o sentimento não é diferente.  "Este ano quero cruzar a linha de chegada ao lado do meu pai. Vejo nestas distâncias uma competição interna, onde não apenas o físico importa, mas a inteligência e o poder de superação falam mais alto", frisou o jovem.

Iluminação da quadra

Na manhã de quarta-feira (3), a organização do UB515 Brasil Ultra Triathlon fez a entrega da reforma do parquinho infantil (doada também por eles em 2016) e a instalação de iluminação da quadra de esportes para a comunidade do bairro Sesmaria.

Na ocasião, estiveram presentes o vice-prefeito Jurandir de Oliveira Veloso – Pelé, o secretário de Esportes e Lazer, Marcelo Surcin- Marcelinho Carioca, o secretário adjunto da pasta, Richard Ricardo dos Santos além da equipe da organização do UB 515, contando ainda com a presença do americano Curtis Tyler, criador do Ultraman havaiano.

"É mais importante dar que receber. É fé, família e amigos, principalmente, investir nas crianças, que são o futuro. O playground é uma forma dessas crianças crescerem com o foco para o que é bom. Elas estão sorrindo e quando há sorrisos nos rostos é porque há esperança", declarou Tyler.

O vice-prefeito compartilhou que durante o diálogo que teve com Tyler, o americano disse que eles estão plantando uma semente mas quem colherá os frutos é a população de Ubatuba. "Estamos à disposição para oferecer o melhor para a comunidade do Sesmaria e para toda a cidade. Fiquei emocionado de ver alguém de fora empenhado em plantar essa semente. E temos certeza que vai crescer muito, principalmente, investindo em iniciativas como esta, que tira as crianças da rua", concluiu Pelé.

.Tradição

É uma política da organização da prova empreender ações solidárias pelas cidades por onde passa oferecendo, anualmente, algum pequeno empreendimento como forma de gratidão à receptividade que o município proporciona – uma espécie de contrapartida.

"Apenas chegar e realizar a prova é fácil. A gente entende que diante da forma que Ubatuba recebe a gente, temos obrigação de retribuir um pouco o que a cidade nos dá. É simples mas de coração", explicou um dos organizadores do UB515, Alexandre Luna.

O secretário de esportes demonstrou sua alegria ao ver a revitalização do parquinho, iluminação do campo e o preenchimento com areia da área esburacada. "A criançada brincando, as famílias presentes, a presença do pessoal do UB 515 que revitalizou o parque. Estamos muito felizes com esse trabalho, não só da secretaria de Esportes mas de todas as secretarias da atual gestão para que a gente possa, realmente, fazer a diferença", valorizou Marcelinho Carioca.



Últimas Notícias