Luís Gava/PMC

Prefeito de Ubatuba assume presidência do Comitê de Bacias Hidrográficas; Márcio Tenório e Aguilar Júnior representam a região em conselhos estaduais


Postado em: 25/03/2017

O prefeito Délcio Sato (PSD), de Ubatuba, foi eleito presidente do Comitê de Bacias Hidrográficas do Litoral Norte (CBH-LN) em reunião plenária realizada na manhã desta sexta-feira (24), no Ubatuba Iate Clube, no Saco da Ribeira. Os prefeitos Aguilar Júnior, de Caraguatatuba, e Márcio Tenório, de Ilhabela, foram escolhidos, respectivamente, os representantes da região nos Conselhos Estaduais de Recursos Hídricos e de Saneamento.

O encontro contou com a participação dos três prefeitos, além do vice-prefeito de São Sebastião, Amilton Pacheco, secretários municipais, representantes de organizações da sociedade civil, de órgãos do governo do Estado e de vereadores da Câmara Municipal de Ubatuba.

A reunião deu posse aos representantes da nova gestão e elegeu a coordenação para o biênio 2017-2019.

Na mesa de abertura, os participantes lembraram o Dia Mundial da Água, celebrado no 22 de março, e destacaram a importância do CBH na gestão desse recurso. "O Litoral é um local privilegiado e que depende muito do turismo. Precisamos ter uma água com qualidade. É a equipe técnica do CBH-LN que define o futuro da nossa água", explica o secretário executivo do CBH-LN, Fábio Luciano Picinato.

O prefeito Sato lembrou a importância do trabalho em unidade entre os municípios e os diferentes segmentos: "Recentemente tivemos problemas com as chuvas e observamos a intensa poluição dos nossos rios, que é inadmissível. Temos o desafio de combater as invasões e loteamentos clandestinos e ampliar a regularização fundiária e o trabalho educativo ambiental para ter uma cidade e um litoral melhor", enfatizou.

 Nova coordenação do CBH-LN

 O CBH-LN tem uma composição tripartite, com representantes da sociedade civil, dos municípios e do governo do Estado. Ele é formado no total por 36 membros titulares e seus respectivos suplentes que integram suas câmaras técnicas e grupos de trabalho.

 Após a cerimônia inicial, cada um desses segmentos reuniu-se em grupo e definiu os nomes para a coordenação. Além do prefeito Sato na presidência, Sylvio do Prado Bohn Jr. (Cetesb) foi eleito como secretário-executivo. Já Paulo André Cunha Ribeiro, da Associação Projeto Ecoadventur Pro Desenvolvimento Sustentável (APROEDS), e Fabio Pincinato, da secretaria estadual de Saneamento e Recursos Hídricos, foram reeleitos respectivamente como vice-presidente e secretário executivo adjunto.

Prefeitos

O prefeito de Ilhabela, Márcio Tenório, escolhido para ser o representante da região no Conselho Estadual de Saneamento, afirmou que “temos um compromisso com a nossa cidade, que é levar saneamento e respeito a toda nossa gente, e essa nomeação vai ao encontro desse objetivo”.

Já Aguilar Júnior, foi escolhido o representante do Litoral Norte no Conselho Estadual de Recursos Hídricos e defendeu a união dos prefeitos da região. "Temos que preservar nossos rios e mananciais, mas temos de nos preocupar também com ocupações irregulares e poluição de nossas praias. Mas outro ponto que é comum a todos os prefeitos da região é a questão da drenagem e, com recursos do Fehidro, temos uma oportunidade de solucionar o problema existente nas quatro cidades".

Projetos

Aguilar Junior aproveitou a oportunidade e apresentou propostas em buscas de recursos do Fehidro para as obras que compõem o Plano Diretor de Drenagem de Caraguatatuba, beneficiando os bairros do Tinga, Gaivotas e adjacências, Indaiá, Casa Branca, Olaria, Pontal Santa Marina e Tabatinga. O valor ainda não foi orçado.

 Também será apresentado um plano para a região central na ordem de R$ 1.395.078,99 do Fehidro, sendo R$ 73.425,21 de contrapartida do município. Segundo a prefeitura, há necessidade de se fazer um projeto de drenagem para ruas do centro, já que a antiga administração fez um projeto de pavimentação em cima do asfalto já existente e não dimensionou o escoamento da água nas galerias.

 



Últimas Notícias