Divulgação/PMSV

Projeto Capitão do Mar arrecada mais de 1,5 tonelada de alimentos em São Vicente


Postado em: 31/01/2017

O fim de semana em São Vicente foi de inclusão e solidariedade. Foram 148 pessoas com deficiência participando da ação promovida pelo Projeto Capitão do Mar, em parceria com o movimento social K-11.
 
A programação, realizada na praia das Canoas (bairro do Gonzaguinha), teve o apoio da Prefeitura de São Vicente.
 
Na ação foram arrecadados 1.590 quilos de alimentos não perecíveis, além de aproximadamente 400 quilos de roupas e produtos de limpeza e higiene.
 
Os produtos foram repassados ao Fundo Social de Solidariedade de São Vicente. O ponto de encontro foi o trecho da Avenida Embaixador Pedro de Toledo com a Rua Benedito Calixto.
 
A programação começou cedo, às 6 horas, e se estendeu até as 18 horas. Além dos participantes habituais do projeto, também fizeram parte da ação jovens com deficiências física e intelectual do Instituto Abraça, de São Paulo. Também participaram pessoas da melhor idade da Casa Vovó Walquíria.       
 
A iniciativa também teve como apoiadores a ONG Vidas por Vidas, Olicar Reparação Automotiva, Cooperlotação de São Vicente, Vila Pet (Petshopping), Associação dos Comerciantes da Praia do Itararé (ACOPI), Ponto Chic Café, Restaurante Gáudio, Venturine Móveis, Troceskap, Vicentão Auto Peças, Auto Posto Monumento, Monster Stand Up, Supermercado Fiel Barateiro, Camelódromo de São Vicente, Vibe Ocean Team, Terra Verde Vida.
 
Capitão do Mar – O Capitão do Mar trabalha a inclusão social, utilizando a prática do remo, mostrando que deficiências físicas não são impedimento ao exercício da atividade. Para participar, basta ter mobilidade mínima nos braços e, no caso de menores de idade, comparecer ao local acompanhados de um responsável.
 
O projeto recebe pessoas com limitação física, visual, déficit intelectual, paraplégicos, quadriplégicos, portadores de síndrome de Down e paralisia cerebral, que já tiveram AVC etc. As atividades são 100% gratuitas.



Últimas Notícias