Divulgação/PMSS

Prefeitura de São Sebastião segue com obras de contenção; quatro estão em fase final de execução e outras quatro foram concluídas



Postado em: 27/05/2024


A Prefeitura de São Sebastião, por meio da Secretaria de Obras, dá andamento a sete obras de drenagem e contenção em pontos críticos da Costa Sul de São Sebastião, que foram destruídos pelas fortes chuvas de fevereiro de 2023. Quatro delas estão em fase final de execução e devem ser entregues nas próximas semanas.

Outras quatro obras de drenagem e contenção estão concluídas, sendo três na Costa Sul e uma na região central do município, e duas, também na Costa Sul, se encontram em fase final do processo de licitação. Ao todo, são 13 obras, em um investimento de mais de R$ 214 milhões.

Concluídas

Uma das obras concluídas fica na Vila Paraiso, em Barra do Sahy, na Costa Sul. No local, foi feita a estabilização do talude por meio da construção de um muro em placas na base do talude, estabilizado com uso da técnica de solo grampeado com concreto projetado.

Também foram construídas canaletas que conduzem a água à escada hidráulica, estrutura que ajuda no escoamento em terrenos íngremes, colaborando para o controle do fluxo das águas e evitando que ocorram erosões no solo.

Na estrada do Piavu, em Cambury, na Costa Sul, também foi utilizada a técnica de solo grampeado com concreto projetado para a contenção do talude, e construída uma bacia em gabião tipo caixa, permitindo a drenagem e o direcionamento do fluxo de água para a rede de tubulação instalada no local.

Já na Vila Pernambuco, em Juquehy, na Costa Sul, foi executado trecho de canal em muros de gabião para interligação ao curso hídrico, assim como colchão reno, também conhecido por colchão de gabião, no leito do rio, para transposição do volume hídrico, impedindo o assoreamento. Para a contenção do talude, foi executado solo grampeado com concreto projetado.

Na Rua Antônio Tenório dos Santos, no Itatinga, na região central, o conjunto de soluções executadas inclui o retaludamento dos trechos de encosta para contenção dos taludes e a construção de canaleta em concreto armado, moldado in-loco, para captação do fluxo de água em períodos de grandes volumes de chuva. Também foi construída uma escada hidráulica.

Fase final

Na Rua Arthur Leal de Almeida, em Boiçucanga, na Costa Sul, está sendo usada a técnica de solo grampeado com concreto projetado para a estabilização dos taludes, além de retaludamento dos trechos de encosta para acomodação dos dispositivos de captação, do tipo escada hidráulica e canaletas.

No mesmo bairro, na Rua Guilherme dos Santos, estão sendo utilizadas as mesmas técnicas, solo grampeado com concreto projetado e retaludamento dos trechos de encosta, com acomodação de escada hidráulica e canaleta, além da instalação de poços de visita para transposição do volume hídrico e deságue no rio.

Na Vila Progresso, em Juquehy, também em fase final de execução, está a construção de um muro em placas na base do talude, a ser estabilizado com a técnica de solo grampeado com concreto projetado. A estrutura foi projetada de forma escalonada, permitindo, assim, que canaletas intercaladas recebam o fluxo de água e conduzam para a escada hidráulica e, na sequência, à galeria de águas pluviais, até ser lançado no corpo d'água.

Além da obra já concluída, a Barra do Sahy está recebendo obras de contenção e drenagem em toda a sua extensão, em fase de finalização. As obras de contenção contemplam barreiras flexíveis; barreiras debris flow, que têm a função de conter fluxos de detritos e deslizamentos de solo; muro de gabião e plantio de vegetação.

Já o sistema de drenagem abrange um canais de drenagem revestidos com colchão reno, feito em gabião, tubos de concreto, aduelas de concreto, e drenagem em tunnel liner, que passará sob a rodovia Dr. Manoel Hyppólito do Rego (SP-55), lançando as águas pluviais no Rio Sahy. Também está ocorrendo pavimentação das vias onde foram realizadas as redes de drenagem.

Em andamento

Há outras três obras de drenagem e contenção em andamento, todas na Costa Sul, com previsão de conclusão até agosto.

Na Vila Pantanal, em Juquehy, estão sendo instaladas canaletas meia cana em todo o entorno da área afetada pela erosão e construído um extenso muro em placas na base do morro, que será estabilizado com solo grampeado com concreto projetado.

No mesmo bairro, na Vila Queiroz Galvão, conhecida por Esquimó, está em andamento a execução de canal hidráulico em muro de gabião, e, para a estabilização do talude, muros em gabião caixa em trechos distintos, com retaludamento das áreas de interferência e dos trechos superiores do talude.

Também está prevista contenção do tipo solo grampeado em concreto projetado, para acomodação da escada hidráulica e das canaletas trapezoidais, que direcionarão o volume de água à rede de tubulações e caixas, interligadas na rede existente.

A estabilização da margem do córrego e dos lançamentos das redes pluviais será feita com enrocamento de pedra em taludes e muros em gabião caixa, em trechos distintos, com retaludamento das áreas de interferência.

Em Toque-Toque Grande está ocorrendo obra de contenção e canalização do córrego Itajubá. A construção está sendo feita em gabião. O córrego transbordou e teve as margens destruídas pela tromba d'água formada na cachoeira de Toque-Toque Grande durante as fortes chuvas de fevereiro de 2023.

O grande volume de água arrastou a vegetação ao redor da cachoeira, formando uma enxurrada de lama, vegetação e entulho que transpôs a rodovia Dr. Manoel Hyppolito do Rego (SP-55) e invadiu o bairro, causando o transbordamento do córrego e destruindo residências, deixando moradores desabrigados.

Em licitação

Está em fase final de licitação a obra de contenção de talude sob a Estrada Beira Rio, em Boiçucanga. No local será adotada como solução o uso de solo grampeado em concreto projetado. Também serão implantadas drenagem superficial (canaletas e escadas hidráulicas) e profunda (Dreno Horizontal Profundo, DHP).

Em Cambury, na rua Olimpio Faustino, será feita a contenção do talude com retaludamento e muro atirantado. A obra está em fase final de licitação.



Últimas Notícias