Operações policiais com apoio da EDP contra furto de energia resultam em 89 detidos no Estado em 2023 e inclui Litoral Norte



Postado em: 21/02/2024


Operações policiais realizadas ao longo de 2023 em 28 cidades do Estado de São Paulo, com o apoio da EDP, resultaram na condução de 89 suspeitos à delegacia para prestar esclarecimentos após a constatação da prática de furto de energia elétrica. Ao todo, equipes da distribuidora de energia elétrica que atende as regiões de Guarulhos, Alto Tietê, Vale do Paraíba e Litoral Norte, deram suporte técnico a mais de 100 operações com a força policial. Com os trabalhos foi possível recuperar 12,8 GWh, quantidade suficiente para abastecer uma cidade do porte de Cachoeira Paulista por três meses.

No Litoral Norte, a EDP atende os municípios de São Sebastião e Caraguatatuba. Durante o apoio às operações, realizadas pelas Polícias Civil e Militar, os técnicos da EDP verificam a procedência da suspeita de fraude de energia no local. Em caso de confirmação, peritos da Polícia Científica atestam a ocorrência de consumo irregular na rede elétrica, caracterizando furto. No caso da presença do proprietário do estabelecimento ou de algum responsável, este é conduzido pelas autoridades policiais para depoimento e autuação em flagrante, se for o caso.

O furto de energia é crime previsto no Artigo 155 do Código Penal Brasileiro, que dispõe: "Subtrair, para si ou para outrem, coisa alheia móvel: pena de reclusão, de 1 (um) a 4 (quatro) anos, e multa". Além do processo criminal, o proprietário do estabelecimento arca, conforme a regra da Resolução Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), com a cobrança de toda energia não faturada durante o período da irregularidade e o custo administrativo.

Com intuito de coibir cada vez mais o furto de energia, a EDP pede que a população contribua denunciando as ligações irregulares. Para tanto, disponibiliza os canais de atendimento aos consumidores: pelo site www.edponline.com.br, aplicativo EDP Online, Agências de Atendimento presencial, WhatsApp (11) 93465-2888 e a Central de Atendimento ao Cliente, no 0800 721 0123, que funcionam 24 horas e com ligação gratuita. O sigilo é total, e a inspeção realizada com a máxima urgência.



Últimas Notícias