PMC

Cidades da região ampliam vacinação contra o vírus da gripe e aplicam reforço bivalente da Covid-19



Postado em: 17/05/2023


As cidades da região ampliam a vacinação contra o vírus da gripe e aplicam reforço bivalente da Covid-19. Em São Sebastião, a Secretaria de Saúde e da Fundação de Saúde Pública promovem neste sábado (20/5) o Dia D de vacinação.

A ação será das 9h às 16h nas Unidades de Saúde da Família (USFs) do Canto do Mar, Enseada, Topolândia, Maresias, Boiçucanga, Cambury e Juquehy 2. Para se vacinar, é necessário apresentar um documento com foto e a carteirinha de vacinação.

A vacina contra gripe está liberada para toda a população a partir de 6 meses de idade. Podem receber o reforço bivalente todas as pessoas com 18 anos ou mais e a partir de 12 anos com comorbidades, que vivem ou trabalham em instituições de longa permanência, que cumprem medidas socioeducativas, com deficiência permanente, indígenas e de comunidades ribeirinhas e quilombolas. 

O objetivo do Dia D de vacinação é facilitar o acesso aos munícipes que não conseguem ir aos postos de saúde durante a semana, promovendo a imunização desses públicos.

Ilhabela

A Prefeitura de Ilhabela, por meio da Secretaria de Saúde, ampliou na segunda-feira (15/5) a vacinação contra Influenza para toda população acima dos seis meses de idade. O imunizante segue disponível até dia 31 de maio em todas as Unidades Básicas de Saúde da cidade, de segunda a sexta-feira, entre 8h e 16h30 ou em horários estendidos (consultando a UBS).

Para ser vacinado é necessário levar documento de identificação com foto, carteirinha de vacinação e ter mais de seis meses de idade. A vacina influenza é inativada, fragmentada e segura, não havendo a possibilidade de causar a doença.

Caraguatatuba

Desde terça-feira (16/5), pessoas com mais de seis meses de idade podem se vacinar contra gripe em Caraguatatuba. A recomendação é do Ministério da Saúde em virtude do aumento de internação de infecções respiratórias e do estoque de doses de vacinas.

A imunização contribui na redução dos atendimentos ambulatoriais, internações e absenteísmo durante o período do outono e inverno, onde as doenças de transmissão respiratórias são mais frequentes e as pessoas passam mais tempo em ambientes fechados ou com pouca ventilação natural, o que somado aos fatores apontados acima, facilita a transmissão do vírus de uma pessoa para outra, é o que destaca a Secretaria de Vigilância em Saúde e Ambiente do Ministério da Saúde. O imunizante está disponível em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município, exceto da Tabatinga, das 8h às 16h30. É necessário levar documento com foto e a Carteira de Vacinação.

Segundo a Secretaria Saúde, a vacina contra o vírus influenza não provoca gripe. As doses são compostas por vírus inativados, e não podem induzir o desenvolvimento da doença. Em algumas pessoas podem surtir efeitos como sensação de dor no corpo ou febre baixa, que em poucos dias desaparece.

A vacina é segura, efetiva e pode ser administrada simultaneamente com outras vacinas do calendário nacional. A dose protege contra as novas cepas do vírus H1N1, H3N2 e tipo B.



Últimas Notícias