Cidades do Litoral Norte receberam quase R$ 300 milhões de royalties até novembro deste ano



Postado em: 14/12/2015


As cidades do Litoral Norte receberam pouco mais de R$ 294 milhões de royalties até novembro deste ano. Somente neste mês, o repasse aos municípios foi de R$ 27,8 milhões.

Em comparação com o mesmo mês do ano passado, houve uma redução de carca 5,08%: em 2014, o valor foi de 29.311.394,53, já neste ano foi de R$ 27.822.118,328.

Do total repassado em novembro, Ilhabela teve a maior participação, já que recebeu R$ 14.403.523,05, que correspondem a 51,77% dos valores recebidos pelas cidades do Litoral Norte.

Ao contrário do que ocorreu na soma geral da região, o arquipélago teve um aumento nos recursos. Isso porque em novembro do ano passado, o Município havia recebido R$ 11.515.595,67.

São Sebastião recebeu em novembro R$ 6.747.201,07. O valor é cerca de R$ 1,9 milhão a menos do que o recebido no mesmo mês do ano passado.

Caraguatatuba recebeu em novembro R$ 6.486.058,47, o que representa uma queda de pouco mais de R$ 2,5 milhões a mais do que o recebido no mesmo mês do ano passado.

Ubatuba, que recebe os menores valores, teve uma receita de R$ 185.335,69 contra R$ 130.807,71 no mesmo mês do ano passado.

Acumulado no ano

Neste ano de 2015, o Litoral Norte recebeu R$ 295.367.329,12 de royalties. Ilhabela acumula repasses na ordem de R$ 142.320.290,77, seguida por São Sebastião com R$ 78.068.816,29, Caraguatatuba com R$ 73.148.318,71 e Ubatuba com apenas R$ 1.733.134,51.

Tendência

O secretário executivo da Amprogas (Associação dos Municípios Produtores de Gás Natural da Bacia de Santos), Luiz Alberto de Faria, o Luizinho, atual secretário de Governo de Ilhabela e ex-prefeito de São Sebastião, explicou que a diminuição dos recursos se deve á queda do preço do barril do petróleo.

“Em novembro do ano passado, a base do preço do barril era de U$ 94,67 e neste ano foi de U$ 48,37, uma queda de pouco menos de 50%”, explicou Luizinho.

Em sua opinião, com a tendência de queda do preço do barril, que já está em U$ 37,13, em dezembro os repasses podem ser inferiores. Ilhabela registrou um aumento nos valores devido à produção do pré-sal, “mas estes valores do preço do barril não motivam a empresa a abrir novos poços no pré-sal, o que pode causar uma queda acentuada nos recursos”, explicou Luizinho.

O preço médio histórico do barril de petróleo girou em torno de U$ 80.



Últimas Notícias