PMC

Caraguá incentiva empresas do setor turístico na busca por "Selo Turismo Responsável"



Postado em: 23/02/2021


Todas as empresas e guias de turismo devidamente inscritos no Cadastur (Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos) podem solicitar, junto ao Governo Federal, o "Selo Turismo Responsável". O objetivo é diminuir os impactos da pandemia provocada pela Covid-19 e preparar o setor para um retorno gradual às atividades. Dessa forma, a Secretaria de Turismo de Caraguatatuba (Setur) tem desenvolvido ações no sentido de estimular o setor a solicitar este selo após as adequações necessárias.

“Este é um documento que mostra que o estabelecimento está pronto e seguro para receber o visitante e mesmo com a vacinação as pessoas vão buscar por destinos seguros”, explica Maria Fernanda Galter Reis, secretária da pasta. Trata-se de um programa do Ministério do Turismo que estabelece boas práticas de higienização para cada segmento do setor.

O selo é um incentivo para que os consumidores se sintam seguros ao viajar e frequentar locais que cumpram protocolos específicos para a prevenção da Covid-19, posicionando o Brasil como um destino protegido e responsável.

Iniciativa

No ano passado, a  Setur também criou um selo para ser entregue a todo o trade turístico de forma a mostrar que seu estabelecimento é seguro e responsável, mesmo em tempos de pandemia do novo coronavírus.

A iniciativa serve para mostrar que o local segue todo o protocolo da Vigilância Sanitária em relação à limpeza, distanciamento e atendimento dos frequentadores. “É uma garantia para o usuário que o estabelecimento que frequenta segue as normas sanitárias”, reforça a secretária Maria Fernanda.

Até o momento 100 selos foram emitidos. Por trade turístico entende-se toda a cadeia produtiva do turismo como hotéis, restaurantes, quiosques, agências turísticas, bares, ubers, entre outros. “Há um comprometimento do responsável pelo estabelecimento e o acordo dele ao assinar o documento para retirada de que irá aplicar todos os protocolos sanitários exigidos pela vigilância”, explica Maria Fernanda.

Importante destacar que a emissão do selo não terá custo algum para o comerciante que buscar mais essa garantia. Terá apenas de assinar o termo de responsabilidade e cumprir os protocolos definidos.

Caso o cliente identifique algum problema no estabelecimento onde está pode fazer denúncias pelo Canal 156 e para a Vigilância Sanitária que tem feito vistorias em toda rede comercial. O selo municipal pode ser retirado na sede da Secretaria de Turismo em horário de expediente 8h30 as 17h30, à Avenida Arthur da Costa Filho (Avenida da Praia), 24, no Centro.

O selo do governo federal pode ser solicitado pelo link: https://www.gov.br/pt-br/servicos/aderir-ao-selo-turismo-responsavel



Últimas Notícias