CMI

Em extraordinária, vereadores de Ilhabela aprovam suplementação de 3,7 milhões para quatro secretarias



Postado em: 29/01/2021


Em sessão extraordinária realizada nesta sexta-feira (29/1), os vreadores de Ilhabela aprovaram o projeto de Lei 4/2021, que autoriza a prefeitura a abrir crédito adicional suplementar no orçamento do município. Conforme informou a Câmara, de acordo com todos os documentos anexados ao projeto, as adequações orçamentárias foram solicitadas pelas secretarias municipais de Planejamento e Gestão Estratégica,  Administração, Educação e de Saúde, num total de R$ 3.796.635,85. 

A Câmara de Ilhabela relata que as movimentações entre rubricas orçamentárias visam auxiliar em ações no enfrentamento ao coronavírus, suprir a necessidade do Fundo Social de Solidariedade para chamamento de profissionais para ministrar cursos de formação e capacitação, amparar despesas com o Cartão Vale Alimentação de servidores públicos e Bolsistas do Programa SOS Trabalho, além de suprir a demanda da folha de pagamento do magistério e a realocação de valores da merenda da educação infantil para a merenda do ensino fundamental.

Segundo o vereador Felipe Gomes (Republicanos), o projeto de lei foi detalhadamente explicado pelo servidor público Fernando Crésio - que até o ano passado ocupava o cargo de secretário de Finanças do município - que apontou sobre a responsabilidade fiscal das ações, inclusive de enfrentamento à pandemia. “Quero ressaltar que a questão da Covid-19 ainda é uma realidade no mundo, então, quando foi feito o orçamento não tinha uma dimensão de como seria esse ano. Como o próprio Crésio explicou e  acho importante lembrar, temos o código 312, que faz o controle dos gastos com a Covid-19, para evitar possíveis consequências no Tribunal de Contas”, enfatizou o parlamentar.

A presidente da Câmara,  vereadora Diana Matarazzo (PL), concluiu a sessão com a convocação outra extraordinária para a próxima quarta-feira, dia (3/1), logo após a sessão ordinária com início às 18h.



Últimas Notícias