Criança de 3 anos morre afogada afogada em piscina em São Sebastião; 2º caso na região em menos de uma semana e bombeiros fazem alerta



Postado em: 19/01/2021


Uma criança de 3 anos morreu após se afogar em uma piscina, na manhã de segunda-feira (18/1), em uma casa no bairro Pontal da Cruz, em São Sebastião. Foi o segundo caso de afogamento de criança em menos de uma semana. No último dia 13, uma menina de 5 anos morreu afogada em piscina no bairro Feiticeira, em Ilhabela. Os bombeiros fazem um alerta quanto às medidas de segurança que devem ser adotadas.

Neste caso ocorrido no final da manhã de segunda-feira, o Corpo de Bombeiros foi acionado pelos pais, que procuravam o filho que estava desaparecido. Os bombeiros iniciaram as buscas pelas imediações da residência e encontraram a criança na piscina, que estava suja, dificultando a visualização. A criança estava inconsciente, sendo iniciado os procedimentos de reanimação e o transporte até a UPA Central. 

Na UPA, os procedimentos continuaram, mas sem sucesso. O Corpo de Bombeiros alerta que este é o segundo caso de afogamento nos últimos cinco dias. 

Caso recente

No caso da Ilha, a menina de 5 anos e sua irmã, de 3 anos, brincavam na piscina acompanhadas do tio, que num momento de descuido, deixou as crianças sozinhas. A menina de 5 anos tentou buscar uma boia e se afogou. Ao voltar, o tio já encontrou a menina boiando. Ele acionou o resgate e prestou os primeiros socorros à sobrinha. 

A mãe das meninas e o tio se apresentaram na delegacia. O tio foi preso por homicídio culposo, devido à negligência ao deixar a criança sem vigilância. Ele pagou fiança de R$ 10 mil e foi liberado para responder pelo crime em liberdade.

Recomendações dos bombeiros

O comandante do Corpo de Bombeiros do Litoral Norte, capitão Newton Krüger, salienta que, conforme estatísticas da Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático, as piscinas são responsáveis por 53% de todos os óbitos por afogamento na faixa etária de 1 a 9 anos de idade. Ele frisou as principais recomendações: atenção de 100% com as crianças; cerque sua piscina, use ralo anti-sucção; e saiba agir em caso de emergências.



Últimas Notícias