A nova Praia do Deodato: grupo de mulheres formado por filhas de antigos caiçaras faz projeto de revitalização



Postado em: 12/01/2021


Um grupo de mulheres – formado por filhas de antigos caiçaras – iniciou recentemente um projeto de revitalização e preservação da “Praia do Deodato”, localizada no bairro Topolândia, em São Sebastião. Inicialmente, ações de limpeza têm sido realizadas na praia, incluindo a retirada de resíduos que chegam pelo mar, mas a ideia é alcançar a baía e o mangue do Araça, na região do Varadouro.  

Conceição e Lurdes Sant’anna, filhas de Deodato Sant'Ana, e a neta Victória Sant’anna, juntamente com Eliete, Elizabeth e Elisete (filhas do caiçaras Antônio Geraldo) e Dilza (filha do caiçara Anastácio) são as idealizadoras do projeto que começou em conversas na própria praia e posteriormente originou um grupo no whatsapp para o debate das ideias. 

A praia que no passado era limpa e muito frequentada por moradores, vinha sofrendo com a degradação ao longo do tempo, sendo inclusive refúgio para andarilhos e usuários de drogas. Contudo, ações de forças de segurança, somadas à participação comunitária, mudou esta realidade.

“Nosso intuito maior é a conservação e a conscientização de todos frequentadores, para que seja mantida limpa e agradável de frequentá-la”, relatam as idealizadoras do projeto.  “Após o início dessas ações nota-se que estão frequentando agora adultos e crianças. Crianças que hoje são netos e bisnetos dos que ali pescavam e mariscavam para seu sustento”, complementam.

Filhas de antigos caiçaras fazem ação de revitalização e preservação da cultura local

Conforme explicam, a ação conta com o apoio de moradores locais, pescadores e “quem mais quiser agregar”. O grupo entrou em contato com a prefeitura para melhorias como iluminação da praia, calçamento e iluminação da viela de acesso e canalização do canal de água pluvial.

Assim, hoje já é comum se ver, especialmente aos finais de semana, famílias frequentando a Praia do Deodato. “Agradecimentos também a pessoa de Raquel Luciano Garcia, que foi uma das precursoras no início de todo esse trabalho. Acreditamos que nossos antepassados também agradecem. Em memória aos antigos pescadores que dali tiraram o sustento de suas famílias: senhores Deodato, Antônio Geraldo, Bidico, Lavareda, Carlinhos, Joaquim Marcelino, Olicinio, Borges, Teotônio, Francisquinho, Jujuca, Anastácio, Custódio, Samburá, Altivo, Lauro de Inácio, Pedro Carrinho, Antonio Libaino, Janga e outros”, finalizam as caiçaras. 



Últimas Notícias