Cláudio Gomes/Arquivo PMC

Polícia Militar inicia "Operação Eleições 2020" em toda a região; veja o que é considerado crime no dia da votação



Postado em: 13/11/2020


A Polícia Militar informa que aproximadamente 2,9 mil policiais estarão mobilizados para atuarem diretamente na Operação Eleições 2020 neste fim de semana na Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte (RMVale). O policiamento será intensificado para garantir a segurança e a tranquilidade dos eleitores que deverão votar nas 39 cidades.

Como ocorre em todas as eleições, os policiais militares farão a segurança dos cartórios eleitorais, dos locais de votação, dos postos de justificação e da apuração. Já no sábado (14/11), 24 horas antes do início das eleições, os policiais militares farão a segurança das urnas eletrônicas, bem como sua escolta até os locais de votação.

Desde a última terça-feira (10), até 48 horas após o encerramento das votações, a legislação eleitoral proíbe a prisão ou detenção de qualquer eleitor, salvo em flagrante delito ou em virtude de sentença criminal condenatória por crime inafiançável, ou, ainda, por desrespeito a salvo-conduto.

São considerados crimes no dia da votação

Constituem crime no dia da eleição, o uso de alto-falantes e amplificadores de som ou a promoção de comício ou carreata, a arregimentação de eleitor ou a propaganda de boca de urna e a divulgação de qualquer espécie de propaganda de partidos políticos ou de seus candidatos. A Polícia Militar estará com todo o seu efetivo empregado para garantir a segurança da população. "Votar é um exercício de cidadania. Vote consciente", finaliza a nota da Polícia Militar.



Últimas Notícias