Para comemorar o Dia das Crianças, Fundação Projeto Tamar disponibiliza conteúdo on-line



Postado em: 00/00/0000


Por causa da pandemia, muitas das ações da Fundação Projeto Tamar direcionadas às crianças foram temporariamente suspensas. Mas engana-se quem pensa que os pequenos vão ficar sem aprender mais sobre a preservação das tartarugas marinhas, durante este período. Para comemorar o Dia das Crianças, no site da Fundação Projeto Tamar, que tem o patrocínio oficial da Petrobras, foram disponibilizados vários materiais que podem auxiliar na ampliação do conhecimento da criançada sobre a vida marinha.

As cartilhas e folders podem ser utilizados também como conteúdo em aulas e pelo público em geral. Tudo disponível em um só click.

Dentre os materiais disponíveis o “Tamar Responde III”, conta com os personagens da Galera da Praia que respondem de forma lúdica as perguntas mais frequentes sobre as tartarugas marinhas e as ações da Fundação Projeto Tamar. Assim, com o conteúdo, as crianças podem entender melhor quantas e quais são as espécies de tartarugas marinhas existentes no país, conhecer as principais áreas de desova e outras informações sobre os seus hábitos. Tudo isso com ilustrações que vão proporcionar para os pequenos uma verdadeira viagem ao fundo do mar. O material está disponível no site  https://www.tamar.org.br.

Sobre a Fundação Projeto Tamar: O Projeto Tamar começou a proteger as tartarugas marinhas no Brasil em 1980. A Fundação Projeto Tamar executa a maior parte das ações descritas no Plano de Ação Nacional para a Conservação das Tartarugas Marinhas (PAN). A Petrobras é a patrocinadora oficial da Fundação Projeto Tamar, por meio do Programa Petrobras Socioambiental. O Tamar trabalha na pesquisa, proteção e manejo das cinco espécies de tartarugas marinhas que ocorrem no país, todas ameaçadas de extinção: tartaruga-cabeçuda (Caretta caretta), tartaruga-de-pente (Eretmochelys imbricata), tartaruga-verde (Chelonia mydas), tartaruga-oliva (Lepidochelys olivacea) e tartaruga-de-couro (Dermochelys coriacea).

O projeto protege cerca de 1.100 quilômetros de praias e está presente em 23 localidades, em áreas de alimentação, desova, crescimento e descanso das tartarugas marinhas, no litoral e ilhas oceânicas dos estados da Bahia, Sergipe, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Espírito Santo, São Paulo e Santa Catarina. No Litoral Norte, Ubatuba conta com uma sede do Tamar. 



Últimas Notícias