Com suspensão do "turismo de um dia", blitz na madrugada barra ônibus e vans em São Sebastião



Postado em: 10/10/2020


Desde o início da pandemia, o chamado "turismo de um dia" - com ônibus e vans - está suspenso em São Sebastião. Na madrugada deste sábado (10/10), conforme anunciado previamente pela prefeitura, uma operação integrada foi realizada nas divisas do município, com a participação da Guarda Civil Municipal (GCM), Detraf, DER, PM e Secretaria de Saúde. Ao todo, 19 veículos foram abordados, dos quais 13 retornaram para a cidade de origem. 

Na Costa Norte de São Sebastião, a operação verificou 11 vans, sendo que duas prestavam serviço local, oito retornaram e uma foi multada e também retornou. Ainda na blitz montada próximo à padaria da Enseada, três veículos Kombi foram vistoriados, sendo que uma prestava serviço local e duas tiveram de retornar. Um micro-ônibus de turismo de um dia também foi orientado a retornar à sua cidade de origem. 

Na Costa Sul, das três vans vistoriadas, uma retornou e duas seguiam para serviço em Caraguatatuba. Um ônibus foi vistoriado e comprovou que seguia para Caraguá. 

Segundo a Secretaria de Segurança Pública, as operações nas madrugadas deste fim de semana prolongado visam inibir o turismo clandestino de um dia. Em São Sebastião o turismo de um dia só é permitido mediante a autorização prévia da Secretaria Municipal de Turismo.

Para obter a autorização, o interessado precisa preencher um formulário, enviar o comprovante de depósito para a obtenção de autorização. Atualmente, em São Sebastião, a única praia destinada para este tipo de turismo é a Praia Grande, onde fica o Balneário dos Trabalhadores, na região central da cidade.

Além disso, também estão previstos bloqueios sanitários nas divisas do município neste fim de semana prolongado. Os bloqueios contam com apoio das Secretarias de Saúde (SESAU) e Segurança Urbana (SEGUR), juntamente com o Departamento de Vigilância em Saúde, Fundação de Saúde Pública (FSPSS) Guarda Civil Municipal (GCM), Departamento de Trânsito (DETRAF) e Coordenadoria Municipal de Defesa Civil (COMDEC).

Hotelaria

A rede hoteleira voltou a atender em sua capacidade máxima desde agosto, com o acompanhamento do Comitê Municipal de Estudo e Gestão de Reabertura da Economia. Esse retorno aos serviços de hospedagem mantém critérios sanitários para o funcionamento, tais como mesas com distanciamento de dois metros, além de cadeiras e espreguiçadeiras em distanciamento de pelo menos um metro e meio uma das outras, inclusive nas áreas sociais.

Praias

Desde a reabertura das praias, a Guarda Civil Municipal (GCM) também tem concentrado seus trabalhos nas fiscalizações das praias do município. Além de orientar os banhistas quanto o uso de máscaras e da importância de se manter o isolamento social, a GCM tem realizado diversas ações de fiscalização ao comércio ambulante, hotéis e estacionamentos, garantindo que sejam cumpridos os protocolos sanitários.



Últimas Notícias