Setembro Amarelo, mês de prevenção ao suicídio: São Sebastião tem plantão psicológico on-line



Postado em: 11/09/2020


A Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), em parceria com o Conselho Federal de Medicina (CFM), organiza nacionalmente o Setembro Amarelo®, mês de prevenção ao suicídio. Na última quinta-feira (10/9) foi o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio. São Sebastião aderiu à campanha do Setembro Amarelo e está com atendimento em saúde mental também voltado para o combate ao suicídio. Além disso, desde o início da pandemia foi implantado o Plantão Psicológico, um atendimento on-line realizado por profissionais de psicologia durante esse momento de ansiedade e medo relacionado ao coronavírus.

Embora a campanha ocorra durante o ano todo, esse tema ganhou ainda mais atenção devido à pandemia de coronavírus, que traz um clima de angústias e preocupações ainda maior. Segundo Carissa Etienne, diretora da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), órgão vinculado à Organização Mundial de Saúde (OMS), os países das Américas devem expandir e investir em serviços de saúde mental para lidar com os efeitos da pandemia de Covid-19. “Os serviços de saúde mental e violência doméstica são essenciais e devemos enfatizar a abordagem das lacunas reveladas pela pandemia. Hoje, peço aos países que adotem as medidas necessárias para garantir que todos possam receber os cuidados de que precisam e merecem”, ressaltou a diretora da OPAS.

Essa assistência realizada em São Sebastião visa dar suporte psicológico à população do município, sem comprometer o necessário isolamento social, aos profissionais de saúde, às pessoas positivadas de Covid-19 e seus familiares, inclusive àqueles que perderam um ente querido pela doença. Graças a uma maior conscientização da população sebastianense perante à pandemia, está sendo possível flexibilizar o atendimento presencial, de forma gradual, nas unidades de saúde e serviços especializados, como o Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), localizado no bairro da Topolândia.

De abril a agosto, o município vem registrando uma média de 135 atendimentos, sendo que houve um aumento na assistência a pacientes ansiosos ou depressivos – vale lembrar que a depressão é uma das doenças que podem levar uma pessoa ao suicídio. Caso uma pessoa precise de amparo psicológico, além das unidades físicas, a pessoa pode ligar para o número 188 ou entrar em contato com o plantão online, que funciona por meio de mensagens e áudio via whatsapp, de segunda à sexta-feira, das 8h às 17h, nos telefones: (12) 99634-0187 e (12) 99785-0143.



Últimas Notícias