Com 5,3 mil casos e 134 óbitos, Litoral Norte tem estabilização de contaminados e redução de mortes por Covid-19



Postado em: 26/08/2020


As cidades do Litoral Norte contabilizam 5.354 casos de coronavírus, de acordo com os boletins divulgados pelas prefeituras da região. O número de mortos de moradores da região é de 134. Em oito dias, o houve um crescimento de 8,99% nos casos e 3,07% nas mortes. Os números demonstram uma estabilidade no crescimento dos casos e uma desaceleração nos óbitos.

De acordo com os números do último dia 18 de agosto, a região contabilizava 134 mortes e 5.354 casos da doença. Em relação aos últimos levantamentos, houve uma estabilização no percentual de casos e um crescimento no número de mortes.

Caraguatatuba

A cidade de Caraguatatuba confirmou 63 mortes pela doença de moradores locais e dois de não residentes do município.

De acordo com o último boletim divulgado pela Prefeitura, são 1.698 casos confirmados.

Há 24 internados nas UTIs da Casa de Saúde Stella Maris e do Hospital Regional, enquanto as enfermarias, inclusive na UPA Central, somam 40 internações.

De acordo com o boletim divulgado pela Prefeitura, os bairros com maior número de casos são: Gaivotas (74), Indaiá (73), Perequê-Mirim (72), Barranco Alto (71) e Travessão (66).

São Sebastião

A Prefeitura de São Sebastião registrou 1.276 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19).

No momento, a cidade registra 31 óbitos de moradores relacionados à doença, além de três mortes de não residentes em São Sebastião e um óbito suspeito.

Há sete pacientes internados com a Covid-19, 168 pessoas em quarentena domiciliar e 1.070 recuperados da doença.

Ao todo, 12.537 pessoas foram testadas no município, o que corresponde a 14,1% da população.

Ilhabela

Ilhabela confirmou 1.364 pessoas contaminadas pelo coronavírus. Desse total, há 1.230 recuperados, 122 em acompanhamento domiciliar e 10 óbitos confirmados. Há dois pacientes internados um na UTI e outro na enfermaria.

Ubatuba

Ubatuba tem 1.016 casos positivos para Covid-19, incluindo os 30 pacientes que foram a óbito. Há 830 recuperados e 11 pacientes internados.

Entre os óbitos, 20 foram de pessoas acima de 60 anos, sete na faixa etária dos 50 a 59 anos, dois com 40 a 49 anos e um de 30 a 39 anos.

Os bairros com maior número de casos são: Ipiranguinha (124), Centro (109) e Estufa II (75).



Últimas Notícias