PMI

Para reativar turismo pós-pandemia, Ilhabela pode investir até R$ 2,3 milhões em estruturação de trilhas



Postado em: 29/06/2020


A Prefeitura de Ilhabela, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e do Turismo, divulgou na última sexta-feira (29/6), que nos próximos dias serão iniciadas obras de estruturação das trilhas de acesso a cachoeiras e praias da cidade. Segundo a prefeitura, a medida atende uma antiga reivindicação dos monitores, jipeiros e trade turístico como um todo. 

O valor investido nas obras será R$ 2,3 milhões. O serviço será executado pela empresa Claudinei Salvador Construções-ME. A Prefeitura de Ilhabela informou que a contratação dos serviços de manutenção das trilhas foi feita por meio de licitação e os serviços contratados por RP (Registro de Preço), por meio do qual somente é pago o que for demandado, mediante a necessidade do poder público.

De acordo com a prefeitura, os serviços reforçam o trabalho voltado a atender o aumento da procura pelo turismo de natureza, especialmente no período pós-pandemia. O trabalho de manutenção das trilhas oficiais começará pelos caminhos da cachoeira de Três Tombos, Parque das Cachoeiras e servidão de acesso ao Porto dos Frades.

Conforme divulgado pela prefeitura, serão realizados serviços de manutenção em degraus e corrimãos existentes nas escadas, guarda-corpo, pequenas passarelas, bancos, decks, entre outros. Todos os serviços serão executados em acordo com os procedimentos do Parque Florestal.

“Estou muito feliz pelo início da manutenção das trilhas do arquipélago, uma reivindicação antiga que recebemos em reuniões com os jipeiros e monitores. Precisamos estar atentos às nossas belezas naturais e para atender de forma sustentável a nossa população e visitantes, para que eles usufruam de nossas praias e cachoeiras com segurança”, disse a prefeita Gracinha Ferreira.

Ela apontou que nos últimos anos, Ilhabela ficou ainda mais reconhecida mundialmente como destino de natureza. O arquipélago é considerado patrimônio natural e reserva da Biosfera pela UNESCO – Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura. Por isso, visando avançar no ecoturismo local e a preservação dos recursos naturais, como a fauna e flora, a prefeitura realizou o planejamento de ações para melhor atender os visitantes dessa modalidade turística, de apreciação de pássaros e florestas.

A secretária de Desenvolvimento Econômico e do Turismo, Bianca Colepicolo, falou sobre a iniciativa da manutenção das trilhas do município. “Essas manutenções são necessárias para o nosso ecoturismo local. Temos que oferecer condições de segurança. Ilhabela é referência no setor do ecoturismo e a expectativa é que cidade se desenvolva ainda mais”.



Últimas Notícias