Polícia Civil de São Sebastião investiga criação de grupos na internet que propagam falsas denúncias de assédio e estupro



Postado em: 03/06/2020


A Polícia Civil de São Sebastião investiga a criação de grupos na internet que propagam falsas denúncias de assédio/importunação sexual, comportamento abusivo e estupro. O delegado do 1º Distrito Policial, Dr. Vanderlei Pagliarini, que comanda a investigação na cidade, salienta que este tipo ocorrência tem sido registrada em vários municípios e que entre os crime configurados estão injúria, difamação e exercício arbitrário das razões. 

Conforme explicou o delegado à reportagem do Radar Litoral, os grupos são criados no aplicativo de mensagens Whatsapp ou ainda na rede social Facebook, nos quais na maioria das vezes mulheres indicam nomes de homens que, segundo elas, são autores de tais crimes. Ele informou que, após registros feitos por pessoas que se julgam vítimas destes grupos, procedimentos investigatórios de natureza criminal foram instaurados no 1ºDP. Após a conclusão da investigação, os casos serão remetidos ao Poder Judiciário.

Ainda de acordo com o delegado, nomes de pessoas são apresentados nestes grupos e, a partir de então, diversos ataques à honra são feitos sem provas. Ele ressalta que o caminho correto para apuração de crimes apurados por homens contra mulheres é a Delegacia de Defesa da Mulher. 

 

 



Últimas Notícias