Divulgação/PMC

Caraguatatuba tem 47 profissionais da Saúde com suspeita do novo coronavírus



Postado em: 07/04/2020


A Secretaria de Saúde de Caraguatatuba contabiliza 88 notificações de casos suspeitos por Covid-19, sendo 10 já descartados e seis óbitos, sendo dois confirmados e outros quatro em investigação.

Dos casos suspeitos ainda em averiguação, 47 são profissionais de saúde – médicos, enfermeiros, auxiliares e técnicos em enfermagem, administrativos, entre outros.

De acordo com informações do setor de Recursos Humanos da Organização Social João Marchesi (OSJM), há três médicos internados na UTI da Casa de Saúde Stella Maris e um no Hospital Santos Dumont em São José, com suspeitas de terem contraído o novo coronavírus. Por enquanto, outros colegas foram remanejados para atender no Setor de Emergência.

Atualmente, 119 médicos trabalham contratados pela OSJM, que gerencia as Unidades Básicas de Saúde (Centro, Massaguaçu e Perequê-Mirim), Unidades Básicas de Saúde e SAMU, em Caraguatatuba.

Além desses, o município conta ainda com quatro médicos do Programa Mais Médicos do Governo Federal e receberá mais dois – um brasileiro e outro cubano, mas não há data precisa para a chegada deles.

É importante salientar que os profissionais da saúde nas Unidades de Pronto Atendimento, que estão na linha de frente, atendendo casos suspeitos, recebem da Prefeitura de Caraguatatuba aventais descartáveis, viseiras, macacão para procedimentos invasivos e luvas.

Nos últimos dois dias, foram repassadas 258 viseiras. A máscara N-95 (equipamento de proteção individual mais indicado para trabalhadores expostos a ambientes contaminados por aerossóis) também foi distribuída aos profissionais e ela não é descartável (podendo ser usado por até 20 dias dependendo do fabricante). Os outros servidores seguem os protocolos do Ministério da Saúde.

Quarentena

Os profissionais em quarentena por área de atuação são: agente comunitário de saúde – sete; administrativos – nove; agente de zoonoses – um; auxiliar de enfermagem – cinco; cozinheira do hospital – uma; enfermeiros – três; médicos -10; técnico em enfermagem – nove; e técnico em raio x – um. Por faixa etária estão divididos da seguinte forma: 18 a 25 anos – três casos; 26 a 30 – sete casos; 31 a 40 – 12  casos; 41 a 50 – 15 casos; 51 a 60 – oito casos; e 61 a 70 – dois casos.



Últimas Notícias