Divulgação/PMI

Prefeitura de Ilhabela implantará “gripário” no estacionamento do Hospital Mário Covas



Postado em: 24/03/2020


Em vídeo divulgado na tarde desta terça-feira (24), a prefeita de Ilhabela, Maria das Graças Ferreira dos Santos Souza, a Gracinha, e o secretário de Saúde, Gustavo Barboni, anunciaram novas medidas de enfrentamento à propagação do coronavírus, o Covid-19. Entre elas, a instalação de uma tenda no estacionamento do Hospital Municipal Governador Mário Covas Junior para atender pacientes com sintomas de gripe.

De acordo com o secretário, a tenda funcionará como um “gripário”, porque atenderá pacientes com sintomas de gripe, que dessa forma não precisarão passar pelo hospital, evitando assim exposição e risco de disseminação do Covid-19, além de desafogar a unidade hospitalar. Barboni informou que o serviço deve entrar em funcionamento na segunda0feira (30).

Barboni também anunciou outra medida para ampliar as ações de combate ao Covid-19, a adequação do prédío do CAPS (Centro de Apoio Psicossial), localizado perto do hospital, no bairro Barra Velha, para servir como local de internação de pacientes em casos mais graves de coronavírus.

No vídeo, o secretário reforçou informação divulgada pela prefeita, Gracinha Ferreira, no domingo (22), ao desmentir boatos sobre resultados de exames de casos suspeitos. Barboni  reafirmou que a cidade não tem nenhum caso confirmado de corona e manteve o mesmo número de casos investigados em 17, como nos dias anteriores. O secretário disse que somente um paciente (com suspeita da doença e aguardando resultado de exames) está internado no hospital e seu quadro clínico é de recuperação; enquanto os outros 16 pacientes com suspeita estão em suas casas, com boa recuperação. 

No domingo, sobre os boatos de que a prefeitura de Ilhabela estaria escondendo casos da doença, a prefeita Gracinha Ferreira disse que denunciará pessoas que divulgarem notícias falsas sobre o coronavírus. Disse, inclusive, que vai abrir processo administrativo contra servidor público municipal que divulgar informação falsa sobre a doença. 

No vídeo desta terça-feira, o secretário afirmou ainda que continua avaliando novas decisões sobre o atendimento em unidades de saúde dos bairros e podem ocorrer realocação de funcionários no atendimento, caso seja necessário.



Últimas Notícias