PMU

Com solo encharcado, Defesa Civil intensifica vistorias em cidades do Litoral Norte



Postado em: 13/01/2019


Após um fim de semana de chuva forte no Litoral Norte, as equipes de Defesa Civil das quatro cidades da região seguem com os monitoramentos das áreas de risco. A previsão do Cemaden - Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais emitida no final de semana já alertava para a possibilidade de movimentos de massa e risco hidrológico. 

A Defesa Civil de Ubatuba solicita atenção dos moradores da cidade, principalmente, os que residem em áreas de risco. Durante o fim de semana, algumas ruas ficaram alagadas devido ao volume de chuva, que também colocou o município em estado de atenção - com registros que apontam mais de 100mm em 72 horas. Entretanto, segundo a Defesa Civil, não foi registrada nenhuma ocorrência e nenhum chamado.

Segundo a Defesa Civil de Ubatuba, o solo está encharcado, o que pode ocasionar deslizamento de massa/ terra, causando danos em residências. "Por isso, é necessário que a população fique alerta a qualquer sinal de risco, como trincas nas casas ou qualquer barulho diferenciado. Em caso de situações como essa, acionar ajuda pelo telefone 199", alerta.

Além disso, é importante lembrar que em situações de alagamento, a recomendação é não atravessar as áreas atingidas e nunca enfrentar enxurradas. De acordo com informações do site do Cptec/ Inpe, a previsão aponta que as pancadas de chuva devem permanecer durante esta semana.

Em São Sebastião, a chuva durante o fim de semana provocou alagamentos na Costa Norte, região da Topolândia e também em bairros da Costa Sul. No arquipelago de Ilhabela, pontos de alagamento foram registrados na região da Barra Velha e também no Perequê. 

Caraguatatuba

A Prefeitura de Caragauatuba informa que desde a madrugada deste domingo (12/1) monitora as áreas de risco e de alagamento em toda cidade. O único local que precisou de intervenções foi o Rio Perequê Mirim, na região sul, que estava fora do seu curso devido a uma barreira encontrada próximo ao Jaraguá, em São Sebastião.

As equipes da Secretaria de Serviços Públicos foram acionadas e já na parte da tarde, após o trabalho realizado, a água já escoava normalmente. Segundo a prefeitura, vídeos e fotos compartilhados por populares serão analisados pelos técnicos da Prefeitura para averiguar o que realmente aconteceu no local da barreira. 

A prefeitura salienta que em todos os outros locais onde as obras de drenagem estão sendo realizadas os danos causados pela chuva foram pequenos, "diferentemente do que aconteceria sem os investimentos em obras de drenagem realizadas nos últimos meses". De acordo com a prefeitura, 130 mm de chuva foram registrados no fim de semana.

 



Últimas Notícias