Tamar, Aquário e Argonauta promovem ações do Dia Mundial de Limpeza de Praias em Ubatuba



Postado em: 19/09/2019


O Aquário de Ubatuba, Projeto Tamar e o Instituto Argonauta realizam nesta sexta (20/9), véspera do Dia Mundial de Limpezas de Praias, de uma ação de limpeza na Praia do Itaguá, a partir das 9h, com ponto de encontro na Praça da Baleia. A programação prevê ainda atividades no sábado (21/9).

A mobilização voluntária tem por objetivo conscientizar as pessoas sobre a problemática do lixo no mar. Os interessados em participar da ação desta sexta devem realizar a inscrição pessoalmente, no dia do evento, às 8h50 junto aos educadores ambientais, que recepcionarão os convidados na Praça da Baleia. Na ocasião serão distribuídos materiais de coleta de dejetos e luvas para todos os voluntários.  A campanha reúne indivíduos e escolas, das quais está confirmada a participação de algumas turmas da: Cooperativa Educacional de Ubatuba, E.M. Altimira, EMEI Idalina, EMEI Bessi, E.M. Nativa Fernandes de Faria e Jovens Transformar.  

Desde o dia 16 até sábado (21/9) acontecem limpezas em diversas praias da região com a participação do Aquário, Tamar, Instituto, Prefeitura, escolas e associações. Há 23 anos o Aquário de Ubatuba e o Projeto Tamar realizam campanhas permanentes de conscientização acerca do problema do lixo no ambiente marinho e foram as primeiras instituições no país a promoverem campanhas de limpeza nas praias. Em 1998, o Aquário fundou o Instituto Argonauta para a Conservação Costeira e Marinha, uma organização não governamental, criado para fomentar projetos de conservação e pesquisa relacionados à preservação dos ambientes costeiros e marinhos e mantido até hoje pelo Aquário. Desde sua fundação, o Instituto soma esforços com o Aquário e o TAMAR para tratar sobre o a problemática do lixo.

Para Hugo Gallo Neto, oceanógrafo, diretor do Aquário de Ubatuba e presidente do Instituto Argonauta, desde a primeira “Limpeza de Praia”, em 1997, as melhorias alcançadas são cada vez mais significativas. “Graças aos esforços dos voluntários interessados, os resultados são surpreendentes e isso nos motiva cada vez mais”, destaca o diretor.

Como tema cada vez mais atual e em debate, o lixo no mar é preocupante.  O uso maciço de plásticos é tamanho que, estima-se pesquisa, os oceanos abrigarão mais detritos plásticos do que peixes em 2050. Pensando nisso, o Instituto Argonauta já recolheu, em três anos, mais de 40 toneladas de lixo em 132 praias do litoral norte dentro do programa de monitoramento de lixo e, juntamente com o Aquário, emite o periódico mensal “Boletim do Lixo no litoral norte”.

Ao final deste evento, todo o material coletado também será pesado e quantificado para uma auditoria das principais marcas responsáveis pelos plásticos e resíduos geralmente encontrados. Por fim, os resultados são divulgados para apontar e conscientizar sobre as responsabilidades das marcas. Para fechar com chave de ouro, todos os participantes da limpeza poderão visitar o Aquário gratuitamente.

Aquário de Ubatuba

É o primeiro privado do Brasil aberto à visitação do público e pioneiro no conceito de educação ambiental por meio do contato direto com animais. Destaca-se no país pelos projetos e realizações ao longo de 23 anos, completados em fevereiro deste ano e foi o primeiro Aquário a ter um tanque de águas vivas e de contato no Brasil. A instituição, ainda, é premiada e reconhecida por iniciativas práticas de conservação e por ter sido a primeira em colocar em exercício iniciativas sustentáveis. Atende, gratuitamente, estudantes de escola pública da cidade mediante capacitação de professores.

 O Aquário de Ubatuba funciona de domingo à quinta-feira das 10h às 20h e sexta, sábado, feriados e em temporada das 10h às 22h. O endereço é Rua Guarani, 859, Itaguá, Ubatuba/SP. O telefone para contato é (12) 3834-1382.

Projeto Tamar

O Projeto Tamar começou a proteger as tartarugas marinhas em 1980. Com o patrocínio da Petrobras desde 1982, hoje, o Projeto é a soma de esforços entre a Fundação Pró-TAMAR e o Centro Tamar/ICMBio. Trabalha na pesquisa, proteção e manejo das cinco espécies de tartarugas marinhas que ocorrem no país, todas ameaçadas de extinção: tartaruga-cabeçuda (Caretta caretta), tartaruga-de-pente (Eretmochelys imbricata), tartaruga-verde (Chelonia mydas), tartaruga-oliva (Lepidochelys olivacea) e tartaruga-de-couro (Dermochelys coriacea). Protege cerca de 1.100 quilômetros de praias e está presente em 26 localidades, em áreas de alimentação, desova, crescimento e descanso das tartarugas marinhas, no litoral e ilhas oceânicas dos estados da Bahia, Sergipe, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Ceará, Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo e Santa Catarina. Em Ubatuba, recebe o apoio da Prefeitura Municipal. Visite www.tamar.org.br

Instituto Argonauta

O resgate de animais vivos debilitados e mortos nas praias da região é feito pelo Instituto Argonauta, uma organização não governamental sem fins lucrativos fundada em 1998 pela Diretoria do Aquário de Ubatuba e que atua em projetos de resgate e reabilitação da fauna marinha, educação ambiental e resíduos sólidos no ambiente marinho, além de executar o Projeto de Monitoramento de Praias (PMP-BS) no litoral Norte de São Paulo. Para ajudar nesse trabalho de encalhes de aves, mamíferos ou tartarugas marinhas ligue para o PMP-BS 0800-6423341 ou diretamente para o Instituto Argonauta: (12)3833-4863 / (12)3834-1382 (Aquário de Ubatuba) / (12) 38335753 / (12) 99705-6506 – WhatsApp.



Últimas Notícias