Espaço Pés no Chão promove 22º Dança e Movimento com diversas atrações em Ilhabela



Postado em: 17/09/2019


O primeiro final de semana do 22º Dança e Movimento foi sucesso de público, com espetáculos do Corpo de Baile de Caraguá, Cia Druw e Ballet de Londrina.  O evento começou dia 13 de setembro e vai até 6 de outubro com a participação de artistas e grupos nacionais e internacionais, além de duas noites destinadas aos aprendizes de dança de Ilhabela e região.

O 22º Dança e Movimento é uma realização do Espaço Cultural Pés no Chão com apoio do ProAC- Secretaria de Estado da Cultura e Prefeitura de Ilhabela, através da Secretaria Municipal de Cultura e FUNDACI.

Nesta quinta (19/9), às 13h30, e sexta (20/9), às 20h), a ParaladosanjoS apresenta Cabeleira Doida, seu novo espetáculo infanto-juvenil, com direção de Natalia Mallo. Ele mostra Nini, que tem um cabelo longo, encaracolado, embaraçado, e cheio de histórias. Por entre suas madeixas vivem ursos e piratas, há passeios de balões e exploradores, milhares de notas musicais e tantas outras farras. De maneira extremamente fantástica e visual, a obra pretende percorrer os labirintos existenciais de uma jovem mulata de cabelo muito doido.

No sábado (21/9), às 20h, a dançarina suíça Gabrielle Neuhaus apresenta The woman who didn’t want to come down to Earth - (A mulher que não quer por os pés no chão).  Essa peça de teatro físico e visual combina movimento acrobático, dança e objetos do cotidiano. Ela trata da vida de uma mulher que se recusa a tocar o chão. Confrontada com ameaças e demandas externas, ela não obedece a regras nem à gravidade e chega à situações absurdas.  Tendo como origem um material parcialmente autobiográfico, o espetáculo retrata o desafio universal do indivíduo para permanecer fiel a si mesmo.

Já no domingo (22/9), às 20h, a Companhia de Danças de Diadema, dirigida por Ana Botosso apresenta Paranoia. A obra foi idealizada a partir das idéias provocativas e imagéticas do livro Paranoia, do poeta paulista Roberto Piva. Poesia traduzida para e pelos corpos dos artistas bailarinos, a coreógrafa e o elenco da Companhia de Danças de Diadema mergulham no universo da poesia de Piva, materializando-a em imagens, cenas e movimentos, fragmentando-as também surrealisticamente. Indicado para maiores de 16 anos.

As apresentações acontecem no teatro do Espaço Cultural Pés no Chão, na Rua Macapá 72, Barra Velha, Ilhabela/SP. ENTRADA FRANCA. Maiores informações sobre os espetáculos, horários e classificação etária – 12 3896 6727 e no site www.pesnochao.org.brwww.facebook.com/18danca

 

 



Últimas Notícias