Prefeitura apresenta o Pró-Caraguá, que prevê R$ 240 mi em obras; R$ 150 mi são de financiamento que será votado pela Câmara



Postado em: 07/08/2019


A Prefeitura de Caraguatatuba apresentou oficialmente nesta quarta-feira (07/08) o Programa de Revitalização e Obras, o Pro-Caraguá. O programa prevê investimentos na ordem de R$ 240 milhões e obras em todas as regiões do Município. Desse montante, R$ 152 milhões virão de um financimento junto à Caixa Econômica Federal. O projeto que autoriza a operação está na Câmara Muniipal.

As obras foram apresentadas pelo prefeito Aguilar Júnior, durante evento realizado na Secretaria de Educação, que contou com a presença de secretários, vereadores, lideranças de bairros e munícipes.

Somente em pavimentação, a Prefeitura estima investir cerca de R$ 25 milhões em oito bairros, entre eles, Balneário Golfinhos, Verde Mar, Capricórnio II, Terralão, Jorgin mar e Garden Mar. Serão mais de 110 ruas beneficiadas. 

Além disso, estão previstas mais de 50 obras na cidade, entre elas: ciclovia SP-55 (Região Sul); 4 mil luminárias LED; CEI/EMEI Travessão; EMEF Travessão; CEI Ipiranga; enroncamento e molhe do Rio Juqueriquerê; drenagem Córrego Adventista; drenagem parte baixa Perequê-Mirim; canal extravassor Jardim do Sol; drenagem Rio Ipiranga; drenagem Rio Gracuí; Anel Viário Travessão/Pegorelli; Revitalização do Calçadão Santa Cruz; reconstrução deck Massaguaçu; 12 quadras society; 15 academias ao ar livre; Centro de Fisiologia Esportiva; Centro de Artes Marciais; construção de vestiários e bancos de reserva no Jaraguazinho, Tinga, Jetuba e Perequê; término das obras dos CIDE’s Casa Branca e Perequê; dois novos campos de futebol no Perequê e Casa Branca; Ponte Serramar; reforma da Praça do Divino; construção do Centro Cultural Santa Rosa; CRAS Morro do Algodão, ampliação do Centro de Controle de Zoonoses; Centro Comunitário do Golfinhos; além da construção de três ranchos de pesca no Camaroeiro, Porto Novo e Tabatinga e reforma do rancho da Cocanha. 

A Prefeitura de Caraguatatuba estima gerar cerca de 4 mil empregos diretos e indiretos com os empreendimentos que serão executados entre 2019 e 2020.

Aguilar Júnior afirmou que "estamos requerendo o financimento para que possamos colocar estas obras à disposição da população o mais rápido possível. Espero que os vereadores aprovem o projeto, pois estão votando favoráveis às obras que população precisa e espera". A expectativa do prefeito é de que os recursos estejam liberados em até 40 dias após a aprovação pela Câmara "e espero que todas as obras comecem ainda este ano e estejam concluídas em até 18 meses".

Do pacote de R$ 240 milhões em obras, R$ 88 milhões serão investidos com recursos próprios ou convênios. Os outros 152 milhões serão adquiridos através de um financiamento com a Caixa Econômica Federal. O financiamento será de 96 meses, com dois anos de carência.



Últimas Notícias