Piloto português dá show em Caraguá e lidera Arena Cross; 10 toneladas de alimentos destinados ao Fundo Social



Postado em: 10/06/2019


A segunda etapa do Arena Cross Brasil 2019, realizada em Caraguatatuba, teve show do lusitano Paulo Alberto #1 (Yamaha/Monster/Geração). O atual campeão da competição deu mostras de que entra em definitivo na disputa pelo troféu desse ano. A vitória nas duas baterias garantiu a liderança da competição e a consolidação do bom momento vivido.

A arena foi montada no estacionamento do Serramar Shopping. Focado em tomar a ponta do campeonato, Paulo Alberto mostrou que a técnica anda acompanhada de perto com a sorte. Após uma primeira bateria perfeita em que dominou do começo ao fim, o português contou com duas falhas de seus adversários na segunda bateria para pular da terceira para a primeira colocação e faturar a emocionante disputa.

Na somatória das disputas, Paulo Alberto saiu vitorioso seguido de perto por Hector Assunção #30 (Honda Racing) e Jetro Salazar #20 (Honda Racing) na terceira colocação. Humberto Martin #101 (Circuit/Honda) acabou em quarto, seguido por Jean Ramos #10 (JMR/Destri/Geração).

Como já era esperado, a cidade de Caraguatatuba recebeu de braços abertos a segunda etapa do Arena Cross 2019. Como sempre acontece, o destaque da noite ficou por conta da grande ação social que caminha junto com as disputas nas pistas. Isso porque em todos os eventos do Arena Cross, cada ingresso é trocado por dois quilos de arroz ou de feijão. Nesta segunda-feira, 10, o Fundo Social de Solidariedade de Caraguatatuba receberá quase 10 toneladas de alimentos, que serão repassados de acordo com os critérios do município para instituições cadastradas no sistema.

Para o prefeito, Aguilar Júnior, o retorno da competição ao município coloca a cidade na rota dos grandes eventos esportivos do Brasil. “Nossa cidade tem vocação para o turismo e se sento honrada por receber uma das maiores competições do Brasil com o sucesso que foi o evento de hoje. Além de um verdadeiro show, também somos felicitados com a solidariedade do nosso povo com a doação dos alimentos. Esperamos fazer parte do calendário oficial da competição todos os anos”, comentou.

Além das provas das categorias 50cc, 65cc, AX2 e PRO, quem veio ao evento acompanhou outro espetáculo de tirar o chapéu. A cereja do bolo ficou por conta do show de freestyle oferecido no intervalo entre as duas baterias da categoria PRO. Neste sábado, os pilotos, Fred Kyrillos, Marcelo Simões e Diego Dias levaram o público ao delírio com manobras de tirar o fôlego. O show de manobras faz parte do cronograma do Arena Cross desde a temporada 2017 e faz cada vez mais sucesso em cada cidade por onde passa.

Confira a classificação do campeonato na categoria PRO (10 primeiros)

1º Paulo Alberto #1 – 72 (Yamaha/Monster/Geração)

2º Hector Assunção #30 – 68 (Honda Racing)

3º Jetro Salazar #20 – 64 (Honda Racing)

4º Jean Ramos #10 – 57 (JMR/Destri/Geração)

5º Humberto Martin #101 – 46 (Circuit/Honda)

6º Caio Lopes #134 – 37 (Rota K/Kawasaki)

7º Roosevelt Assunção #100 – 32 (Rota K/Kawasaki)

8º Adam Chatfield #407 – 21 (KTM Sacramento/IMS)

9º João Marcos #142 - 21 (Sem equipe)

10º Pedro Bueno #97 – 19 (Yamaha IMS)

 

AX2

A categoria que serve como vitrine para os jovens talentos do motocross nacional teve mais uma vitória do piloto Lucas Dunka #34, que disparou na liderança da competição após seu segundo triunfo. A vitória parecia ter dono. Pilotando muito bem, Fábio Santos #4 liderou a corrida até pouco mais da metade, quando sofreu com uma queda e viu seu adversário o superar. Tranquilo, Dunka administrou a vantagem e faturou mais uma etapa. A segunda colocação ficou com Leonardo Souza #45, seguido por Fábio Santos no terceiro lugar.

65cc

Sucesso nas disputas do Arena Cross, a categoria que mais revela talentos no motocross trouxe mais uma prova de muito agradável de assistir e que acabou com mais uma convincente vitória do pequeno Bernardo Tibúrcio #03, que com o segundo triunfo na competição, se coloca como grande favorito ao título da categoria. A segunda colocação ficou com Bruno Leal #317 que seguiu de perto o líder da prova, mas não consegui superá-lo. A terceira colocação ficou com Kevin Andrade #11, seguido de perto por José Abrantes #800 e Lucas Pereira #717.  

50cc

A disputa mais charmosa do Arena Cross cumpriu com seu papel e retirou suspiros do público presente. Com pequenos talentos nas motos, o show ficou por conta do piloto Mateus Henrique #05 que dominou a bateria de ponta a ponta e sagrou-se vencedor com certa tranquilidade. Esta foi sua segunda vitória em duas provas, o que o garante na liderança isolada da competição. Na segunda colocação, chegou o piloto Felipe Martini #413, seguido de perto pelo pequeno, João de Aquino #25, que completou a lista com os três primeiros colocados.

 

 



Últimas Notícias