Divulgação/SAP

Mulher é flagrada ao tentar entrar com maconha no CDP de Caraguatatuba



Postado em: 03/06/2019


A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) informou que mais uma mulher foi flagrada ao tentar entrar, neste domingo (2), com droga no Centro de Detenção Provisória "Dr. José Eduardo Mariz de Oliveira", o CDP de Caraguatatuba. É o segundo caso semelhante registrado em oito dias.

A esposa de um detento foi barrada após um objeto estranho ter sido identificado em sua região abdominal, a partir de imagens geradas pelo escaneamento corporal. Ao ser questionada, a mulher de 33 anos confessou que trazia um invólucro com 17 gramas de maconha introduzido na vagina.

Ela foi encaminhada para a Delegacia de Polícia, onde foi lavrado o Boletim de Ocorrência e teve seu nome suspenso do rol de visitas da Secretaria. A direção do presídio enviou comunicado para a Vara de Execuções Criminais, além de instaurar Procedimento Disciplinar Apuratório.

Outro caso

No último dia 25, uma mulher foi barrada ao tentar entrar com maconha no CDP de Caraguatatuba.  A visitante pretendia entregar a erva a seu companheiro, recluso na unidade prisional.

A partir das imagens geradas pelo escaneamento corporal, as agentes do presídio observaram um objeto estranho na região pélvica da mulher, que negou portar ilícitos. Posteriormente, ela confessou que trazia um invólucro com 41 gramas de maconha introduzido no ânus, retirado espontaneamente em local reservado.



Últimas Notícias